Walter torce por Cássio na Seleção Brasileira e brinca Quem sabe não pinta uma brechinha para jogar

Walter torce por Cássio na Seleção e brinca: 'Quem sabe não pinta uma brechinha para jogar'

Se for o escolhido por Carille na disputa com Caíque França, Walter poderia atuar em até sete partidas, sendo seis pelo Brasileiro e uma pela Conmebol Libertadores

Gazeta Press

O goleiro Cássio foi decisivo na campanha do título do Corinthians no Campeonato Paulista e recebeu pedidos até do técnico Fábio Carille por uma convocação sua à Copa do Mundo da Rússia. Datada para daqui aproximadamente um mês, a lista do técnico Tite para o Mundial é um desejo do camisa 12, mas não deixa de ser uma pretensão de outros nomes da posição no clube.

“Merece muito. E quem sabe não pinta uma ‘brechinha’ para a gente jogar, né? (risos)”, brincou o reserva, que não atua desde que o titular foi justamente chamado para amistosos da Seleção, em novembro do ano passado. Escolhido para substitui-lo diante do Atlético-PR, Walter defendeu um pênalti e ajudou a equipe a triunfar por 1 a 0, arrancando para o título do Brasileiro.

Barça x Valencia, Milan x Napoli, clássicos na Alemanha e na Itália: o fim de semana no FOX Sports

Caso Cássio seja chamado por Tite, a data de apresentação marcada inicialmente é 20 de maio, pouco menos de um mês antes do Mundial. Se for o escolhido por Carille na disputa com Caíque França, Walter poderia atuar em até sete partidas, sendo seis pelo Brasileiro e uma pela Conmebol Libertadores.

Além do ótimo momento de Cássio, porém, algo que atrapalhou sua sequência foi a ruptura de um tendão no músculo adutor da coxa direita, também no embate frente aos paranaenses, que o tirou de combate por três meses. Sem conseguir participar da pré-temporada por dois anos consecutivos, ele disse que tem retomado aos poucos a sua melhor condição física.

“É uma lesão complicada, tem fibrose, demora a retomar. Eu me senti confiante em alguns momentos, mas depois a dor volta. Por isso que não fui para a final, falei para o Fábio (Carille) que só queria ir para o jogo quando estivesse 100%. Daqui a pouco acho que já vou parar de sentir dor”, explicou o jogador, torcendo para que o companheiro realize o sonho não só pelo benefício próprio.

“Ele merece bastante, está vivendo uma grande fase. Se você for ver, os pênaltis que ele pegou nos dois jogos foram totalmente mérito dele. Os batedores bateram bem e ele foi lá buscar. Seria uma convocação merecida”, avaliou Walter, que sabe quão importante seria uma ida à Rússia para o parceiro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“É a realização de um sonho. Quando você se torna um jogador de futebol, se profissionaliza, é lógico que você quer estar em uma seleção e disputar uma Copa do Mundo”, disse Cássio, que não quer pensar tanto no assunto para não atrapalhar seu desempenho pelo Corinthians.

“Não posso negar, mas estou conseguindo deixar de lado. Se eu sou citado entre os nomes para a Copa, é porque estou conseguindo fazer meu trabalho aqui no Corinthians. Foi o Corinthians que me levou à Seleção e meu foco é total no clube”, concluiu Cássio.

Saiba mais:

Palmeiras busca zagueiro

Aguirre fala sobre Everton

Bayern anuncia treinador

(Crédito da imagem: Marco Galvão/Foto Arena)

Link copiado para a área de transferência!