Limpa geral promovida por Peres no Santos deve fazer clube economizar quase RS 40 milhões

'Limpa geral' promovida por Peres no Santos deve fazer clube economizar quase RS 40 milhões

Ao todo, nova diretoria promoveu a demissão de cerca de 400 funcionários no clube, além da redução do elenco profissional no futebol: 'Máquina era grande, inchada'

Gazeta Press

Com demissões em todos os departamentos e diminuição do elenco profissional, o Santos terá, de acordo com as contas do presidente José Carlos Peres, um alívio de R$ 39 milhões ao ano, contando todos os gastos do clube. E a “limpa” não vai parar por aí.

Depois de visitar clubes mexicanos, Peres tem em mente reduzir o quadro de funcionários do Peixe para 100, além de todos os atletas e comissões técnicas. O alvinegro foi herdado por Peres com mais 600 profissionais. E cerca de 400 já foram demitidos.

Barça x Valencia, Milan x Napoli, clássicos na Alemanha e na Itália: o fim de semana no FOX Sports

“A folha já tem um alívio anual de R$ 39 milhões. É praticamente dois patrocínios, porque a máquina do Santos era grande, inchada. Tivemos que fazer um processo de que a máquina voltasse ao tamanho do clube. Estive no México agora cinco dias e lá percebi que uma estrutura como a do Santos não pode ter mais do que 100 funcionários. Isso, sem contar os jogadores. Então, ainda a gente precisa diminuir mais, enxugar mais e com isso teremos fôlego já para fazer contratações”, explica o presidente.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Uma das ações do Santos neste momento é reduzir o elenco. Nos últimos dias, quatro atletas foram liberados: Cleber (Paraná, Rodrigão (Avaí), Leandro Donizete (América-MG) e Caju (Amiens-FRA). A economia mensal sem o quarteto é de quase R$ 500 mil.

Saiba mais:

Palmeiras busca zagueiro

Aguirre fala sobre Everton

Bayern anuncia treinador

(Crédito da imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

Link copiado para a área de transferência!