'Limpa geral' promovida por Peres no Santos deve fazer clube economizar quase RS 40 milhões

Ao todo, nova diretoria promoveu a demissão de cerca de 400 funcionários no clube, além da redução do elenco profissional no futebol: 'Máquina era grande, inchada'

False
353243

Com demissões em todos os departamentos e diminuição do elenco profissional, o Santos terá, de acordo com as contas do presidente José Carlos Peres, um alívio de R$ 39 milhões ao ano, contando todos os gastos do clube. E a “limpa” não vai parar por aí.

Depois de visitar clubes mexicanos, Peres tem em mente reduzir o quadro de funcionários do Peixe para 100, além de todos os atletas e comissões técnicas. O alvinegro foi herdado por Peres com mais 600 profissionais. E cerca de 400 já foram demitidos.

Barça x Valencia, Milan x Napoli, clássicos na Alemanha e na Itália: o fim de semana no FOX Sports

“A folha já tem um alívio anual de R$ 39 milhões. É praticamente dois patrocínios, porque a máquina do Santos era grande, inchada. Tivemos que fazer um processo de que a máquina voltasse ao tamanho do clube. Estive no México agora cinco dias e lá percebi que uma estrutura como a do Santos não pode ter mais do que 100 funcionários. Isso, sem contar os jogadores. Então, ainda a gente precisa diminuir mais, enxugar mais e com isso teremos fôlego já para fazer contratações”, explica o presidente.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Uma das ações do Santos neste momento é reduzir o elenco. Nos últimos dias, quatro atletas foram liberados: Cleber (Paraná, Rodrigão (Avaí), Leandro Donizete (América-MG) e Caju (Amiens-FRA). A economia mensal sem o quarteto é de quase R$ 500 mil.

Saiba mais:

Palmeiras busca zagueiro

Aguirre fala sobre Everton

Bayern anuncia treinador

(Crédito da imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

Deixe seu comentário