D’Alessandro admite que Inter teve sorte com falha de goleiro no fim e diz: "Não merecíamos empatar"

Colorado sofre, mas bate o Vitória por 2 a 1, no Estádio Beira-Rio, e leva vantagem para duelo de volta, no Barradão. Time do camisa 10 argentino estreia no Brasileirão domingo, em casa, contra o Bahia

False
353078

O Internacional encontrou muita dificuldade diante do Vitória em pleno Beira-Rio pelo duelo de ida da Quarta Fase da Copa do Brasil. Depois do empate por 1 a 1 persistir até os 45 minutos do segundo tempo, o Colorado acabou conseguindo o triunfo graças a uma falha incrível do goleiro Caíque, que acabou soltando a bola ao tentar encaixar uma cobrança de falta de D’Alessandro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Na saída de campo, ainda em êxtase pelo gol, o camisa 10 argentino admitiu que não teve muito mérito nessa quarta (11 de abril), mas fez questão de ressaltar a importância de a equipe também contar com um pouco de “sorte”.

“Hoje, não é desmerecer o trabalho do goleiro, que foi bem na partida, mas na última bola, a bola que costumo bater alta, escapou. A sorte tem que mudar em algum momento. Futebol é trabalho, dedicação, mas a sorte ainda não caiu do nosso lado. Em algum momento vamos ter, e hoje a gente teve. Não merecíamos empatar o jogo, uma infelicidade nossa numa saída de bola, mas a vitória está de bom tamanho. Agora é fazer um bom jogo lá para sair com a classificação”, comentou D’Ale, ao Sportv.

Botafogo na Sul-Americana, Arsenal na Europa League e mais: a programação do FOX Sports

O resultado faz com que o Inter só precise de um empate na quinta-feira (19), no Barradão, em Salvador, a partir das 19h15. O gol fora de casa ainda é qualificado na Copa do Brasil e, por isso, ao Vitória um simples placar favorável por 1 a 0 já basta.

(Crédito da foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Deixe seu comentário