Pivô de pênalti polêmico para o Real, Lucas Vázquez afirma que sofreu a falta: “Não há discussão"

Clube espanhol perdia por 3 a 0 até os 47 minutos do segundo tempo, quando o árbitro inglês Michael Oliver assinalou infração e expulsou o goleiro Buffon

False
353018

O meia Lucas Vázquez, que sofreu o polêmico pênalti marcado a favor do Real Madrid no último minuto da partida contra a Juventus nesta quarta-feira (11 de abril), disse não ter dúvidas que o árbitro Michael Oliver agiu corretamente ao assinalar a penalidade máxima.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"É uma bola de Cristiano, que toca para mim. Não há discussão. É pênalti. É normal que eles protestem. Foi no último minuto e é normal que protestem até o final", disse o jogador à emissora beIN Sport.

A Juventus, que havia perdido o primeiro jogo por 3 a 0 em Turim, vencia a partida de volta pelo mesmo placar no Santiago Bernabéu. Com o resultado, o confronto por uma vaga nas semifinais da Uefa Champions League seguiria para a prorrogação.

Logo após a marcação do pênalti, o goleiro Gianluigi Buffon reclamou com o árbitro e foi expulso de campo com um cartão vermelho. Wojciech Szczesny entrou em seu lugar, mas não conseguiu evitar o gol de Cristiano na cobrança.

Botafogo e Galo na Sul-Americana, Arsenal na Europa League e mais: a programação do FOX Sports

"Os minutos até o pênalti foram eternos, mas precisamos estar muito contentes porque estamos nas semifinais. Acho que é uma lição do futebol. Se relaxe ou não estiver concentrado fica, fora. A Champions não perdoa. Hoje sofremos até o final e o gol do pênalti foi decisivo. Vamos jogar com a maior motivação possível e iremos à final", disse o atleta madrilenho.

Saiba mais:

Fla: Bauza revela sondagem e acena positivamente

Vasco: gigante europeu oferece R$ 59 milhões por Paulinho

Diego Souza pode deixar o São Paulo rumo a ex-clube

Crédito da foto: EFE

Deixe seu comentário