Federação Paulista contesta Palmeiras e afirma que vídeo não prova interferência

Depois que o Verdão divulgou conteúdo e pediu impugnação da segunda partida da final do Paulistão, FPF emite nota garantindo que não existiu ilegalidade durante ação tomada pelo árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

False
352964

Depois de o Palmeiras protocolar oficialmente a impugnação da partida decisiva contra o Corinthians pelo Campeonato Paulista, a Federação Paulista de Futebol (FPF) emitiu uma nota, nesta quarta-feira (11 de abril), alegando que Dionísio Roberto Domingos estava legitimado a permanecer no entorno do gramado, local onde esteve durante o jogo. Além disso, rebateram o Alviverde dizendo que não há nenhuma prova de que tenha havido interferência externa na decisão do árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

Confira a nota completa emitida pela Federação Paulista de Futebol:

Em respeito ao torcedor, a Federação Paulista de Futebol vem novamente a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1- Como responsável pela avaliação da equipe de arbitragem, Dionísio Roberto Domingos estava legitimado a permanecer no entorno do gramado, onde ficou durante a partida inteira. Nem ele nem nenhum diretor da entidade teve qualquer influência na decisão da equipe de arbitragem na final do Campeonato Paulista de 2018;

2-  As imagens veiculadas pelo site da Sociedade Esportiva Palmeiras não provam nenhuma interferência externa na decisão dos árbitros, de voltar atrás na marcação de um pênalti inexistente;

3- A FPF lamenta qualquer ação que vislumbre modificar o resultado de campo nos tribunais;

4- Por fim, a FPF informa que está atenta às reivindicações feitas pelo Palmeiras por meio da imprensa e afirma que, em coerência com todas a atitudes desta gestão, colocará as propostas em pauta para que os clubes, soberanamente e em colegiado, decidam a respeito da gravação das conversas entre os árbitros e da adoção do VAR para o Paulistão-2019

Saiba mais:

Fla: Bauza revela sondagem e acena positivamente

Vasco: gigante europeu oferece R$ 59 milhões por Paulinho

Diego Souza pode deixar o São Paulo rumo a ex-clube

Crédito Foto: Jales Valquer/Fotoarena

Deixe seu comentário