Copa do Mundo de 2030 pode ter 12 sedes em três países diferentes: Argentina, Uruguai e Paraguai

Candidatura tripla foi confirmada na última segunda-feira, na cidade de Buenos Aires, com dirigentes ligados à campanha

False
352737

A candidatura conjunta de Argentina, Uruguai e Paraguai para sediar a Copa do Mundo de 2030 propõe 12 sedes, sendo oito em território argentino, e duas, cada, nos outros dois países, conforme anunciaram nesta segunda-feira, em Buenos Aires, dirigentes ligados à campanha.

O presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia; o secretário de Esportes da Argentina, Carlos Mac Allister; o coordenador argentino da candidatura, Fernando Marín; o presidente da Associação Uruguaia de Futebol, Wilmar Valdez; o secretário de Esportes do Uruguai, Fernando Cáceres; e o coordenador uruguaio da candidatura, Eduardo Abulafia, participaram de uma reunião na Casa Rosada, sede do governo argentino, e concederam uma entrevista coletiva.

Botafogo e Galo na Sul-Americana, Arsenal na Europa League e mais: a programação do FOX Sports

Os representantes do Paraguai não puderam comparecer por problemas com o voo que os trazia à Argentina, que por condições climáticas teve que ser desviado para a província de Córdoba.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Ao serem perguntados na entrevista sobre o número de sedes e quais elas seriam, os dirigentes evitaram dar detalhes e se limitaram a informar a quantidade que cada país terá.

"Consideramos muito claro que o investimento em infraestrutura para receber um Mundial com 48 seleções é grande, mas também temos em mente que o acontecimento que haverá em 2030 é muito importante para não assumirmos este desafio", afirmou Valdez.

Saiba mais:

Palmeiras rompe com Federação Paulista e faz exigências

Guerrero quer bolada para renovar com o Fla, diz Andrés

Novela Zeca perto de final feliz para dois clubes

(Crédito da imagem: Reprodução/Twitter AFA)

Deixe seu comentário