Flamengo vai usar venda de Vizeu para pagar Cirino e Bandeira ve manobra como positiva

Flamengo vai usar venda de Vizeu para pagar Cirino, e Bandeira vê 'manobra' como positiva

Presidente rubro-negro pediu um adiantamento ao Conselho de Administração do clube para o pagamento com ‘desconto’ da dívida pelo atacante

FOX Sports

Em janeiro, o Flamengo acertou a venda do atacante Felipe Vizeu para a Udinese por R$ 20 milhões. Dono de 60% dos direitos do atleta, o clube rubro-negro ficaria com um valor em torno de R$ 12 milhões, que seriam pagos em quatro parcelas. Em entrevista ao portal Globoesporte.com, o presidente Eduardo Bandeira de Mello confirmou um pedido ao Conselho de Administração do clube para antecipação da verba, e justificou que o dinheiro seria usado no pagamento da transferência de Marcelo Cirino.

Corinthians, São Paulo, Santos, Juve, Boca x River e Europa League: tudo no FOX Sports

Perguntado sobre o motivo do pedido para antecipar a receita, o mandatário afirmou que pagando a transação do Cirino agora, o time da Gávea teria um “desconto muito grande”. “Nesse caso é operação casada que vai receber recurso que será recebido mais na frente e vai usar isso para quitar dívida muito mais onerosa, então essa é operação que pode dar resultado positivo para o Flamengo na ordem de R$ 4 milhões a R$ 6 milhões. Então, é obrigação do gestor do Flamengo fazer isso”, revelou Bandeira.

O Presidente afirmou que o pedido ao Conselho é uma atitude mais conservadora, e que não fazê-la seria algo prejudicial. “A rigor você não está adiantando nada. Agora, como existe interpretação de que a gente teria que consultar o Conselho de Administração, para sermos bastante conservadores, nós vamos consultar. Nada além disso. Operação que é absolutamente positiva para o Flamengo. Não fazer a operação seria ato lesivo ao clube”, disse o cartola.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Bandeira ainda garantiu que o pagamento da transferência de Marcelo Cirino vai acontecer independente da aprovação ou não do Conselho. “Não tem problema nenhum em a gente pagar isso. Se a gente não fizer (a aprovação) a gente vai pagar do mesmo jeito. O Flamengo não vai ter dificuldades para pagar, só que é muito melhor você pagar agora com desconto do que pagar quando ela vencer. É uma oportunidade que você está aproveitando. Só isso. Não aproveitar a oportunidade seria lesivo ao clube”, encerrou o presidente rubro-negro.

Saiba mais:

Arsenal mira volante do Corinthians

Jornal: PSG tem elenco 'rachado'

Vinicius Jr é destaque no Equador

Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Link copiado para a área de transferência!