PSG e mais três: jornal revela os clubes que poderiam pagar quase Rs 3 bilhões por Messi

PSG e mais três: jornal revela os clubes que poderiam pagar quase R$ 3 bilhões por Messi

O diário espanhol AS divulgou a informação após a declaração dada por Pancho Schroder, diretor de finanças e estratégias do Barcelona

FOX Sports

Na última semana, Pancho Schroder, diretor de finanças e estratégias do Barcelona, deu entrevista para o canal britânico Sky Sports News e surpreendeu ao não descartar que algum clube pagasse a multa de 700 milhões de euros (cerca de R$ 2,8 bilhões) do argentino Lionel Messi. Após a declaração, o jornal AS revelou que o Barça teme que quatro equipes teriam o poder aquisitivo para tentar seduzir o craque.

Libertadores com três brasileiros, Copa do Brasil, Boca x River e Europa League: tudo no FOX Sports

Segundo informações divulgadas pelo diário espanhol, um dos times seria justamente o Paris Saint-Germain, que no ano passado pagou a cláusula rescisória de 222 milhões de euros (R$ 819 milhões na cotação da época) para tirar Neymar do time catalão. O veículo destaca que o PSG poderia fazer uma oferta justamente se negociar o brasileiro e também o atacante Edinson Cavani.

Além da equipe francesa, o jornal ainda coloca três gigantes da Premier League como possíveis destinos de Messi no futuro. Chelsea, Manchester United e Manchester City poderiam pagar o valor da multa. O último, inclusive, foi apontado no ano passado como grande interessado no argentino, em especial por conta da sua relação com o técnico Pep Guardiola.

Entenda o 'medo' do Barcelona

Em novembro, Messi renovou o seu vínculo com a equipe blaugrana até 2021. Além dar um aumento salarial ao seu camisa 10, o clube catalão também se ‘protegeu’ para manter o atacante até o fim da sua carreira após ver o PSG pagar a cláusula de rescisão de Neymar.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time 

Entretanto, o diretor Pancho Schroder não se mostrou totalmente confiante ao ser questionado se o argentino não deixaria o Barça. "Nós colocamos uma cláusula que pensamos que seja suficiente para o Messi se aposentar no Barcelona", disse o dirigente, que prosseguiu:

"Mas, dito isso, pensávamos a mesma coisa há um ano com a cláusula do Neymar, que seria suficiente para manter o jogador, mas foi provado no último verão que esse não era o caso. Olhando para o futuro, eu acho, é difícil, mas não tenho bola de cristal e nestes dias as coisas estão ficando um pouco loucas", concluiu.

Saiba mais:

Real tem trunfo por Neymar

Juventus na briga por Bernard 

Nova camisa do Barcelona?

Crédito Foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!