Jean admite erro e culpa falta de ritmo por falha na saída de bola

Jean admite erro e culpa falta de ritmo por falha na saída de bola

Jean não se escondeu, admitiu o erro no primeiro gol do Red Bull e deu sua explicação pelo ocorrido com apenas oito minutos de partida

Gazeta Press

Quando chegou ao São Paulo, Jean já logo se credenciou até para bater faltas. Contratado depois de uma temporada de destaque pelo Bahia, o goleiro tem substituído Sidão e provado que realmente jogar com os pés é uma de suas qualidades. O problema é que nesse domingo Jean errou pelo menos em quatro oportunidades justamente naquilo que o diferencia e, logo na primeira destas falhas, o lance acabou originando o gol do Red Bull Brasil no Morumbi.

Mesmo assim, após o jogo, que teve uma vitória de virada do São Paulo por 3 a 1, Jean não se escondeu, admitiu o erro e deu sua explicação pelo ocorrido com apenas oito minutos de partida.

Saiba mais:

'Gignac me perguntou sobre o Flamengo'

PSG não garante permanência de Neymar

Barça se acerta com Grêmio por Arthur

“Foi um erro meu ali, na saída de bola, originou no gol. Mas o importante é que a equipe conseguiu reagir e viramos o placar. É só o meu quarto jogo ainda, estou um pouco sem ritmo ainda e jogo a jogo venho reconquistando o ritmo do ano passado. É pegar um pouco mais de confiança para deslanchar durante a competição”, comentou, em passagem rápida pela zona mista.

Jean tem 22 anos e foi contratado como grande promessa para o gol tricolor. Apesar da pouca idade, o goleiro sabe que não pode se deixar abater por causa de uma falha. Durante o jogo desse domingo, depois do gol adversário, a torcida passou a revelar muita insegurança a cada recuada de bola.

“Goleiro não pode errar, senão dá problema lá atrás. Tem de esquecer o lance e pensar no lance seguinte para não errar mais e prejudicar mais o time”, explicou, procurando manter a cabeça boa, já que na quarta-feira é decisão contra o CRB, pela Copa do Brasil, e de novo Sidão não deve participar.

Link copiado para a área de transferência!