Jair admite incômodo pelas demissões no Santos: Nunca é bom

Jair admite incômodo pelas demissões no Santos: “Nunca é bom”

Recentemente, o presidente José Carlos Peres anunciou a demissão de diversos funcionários de áreas internas do clube, o que causou uma certa insegurança nos demais

Gazeta Press

Em processo de reformulação desde a vitória do presidente José Carlos na eleição, o Santos tem assinado demissões quase que diariamente. E algumas afetaram o elenco.

Saiba mais:

'Gignac me perguntou sobre o Flamengo'

PSG não garante permanência de Neymar

Barça se acerta com Grêmio por Arthur

Alguns jogadores ficaram descontentes com a saída dos fisioterapeutas Tom Pierin e Diogo Guietti, da psicóloga Juliane Fecchio e dos médicos Rodrigo Zogaib, Maurício Zenaide e Ricardo Nobre. O técnico Jair Ventura admitiu o incômodo.

“Sempre falei de trocar pneu com carro andando. E há trocas dentro do futebol, que estão acontecendo durante as competições. Troca nunca é boa, se deparar com profissionais diferentes, mas faz parte. É assim em novas gestões. Não podemos fazer nada”, afirmou o treinador.

O Peixe ainda estuda demissões em diversos departamentos, mas, por ora, não haverá novas alterações na comissão técnica.

Link copiado para a área de transferência!