Aguirre fica por detalhes de fechar com o São Paulo e pode estar no Morumbi neste domingo

Aguirre fica por detalhes de fechar com o São Paulo e pode estar no Morumbi neste domingo

Já classificado às quartas de final, o time será comandado pelo treinador interino André Jardine, que passará a ser auxiliar técnico fixo

Gazeta Press

Faltam pequenos detalhes para o técnico Diego Aguirre ser anunciado como novo técnico do São Paulo. Após o nome do uruguaio ter sido aprovado por Raí, Ricardo Rocha e Diego Lugano, a tendência é que ele seja anunciado no início desta semana pela diretoria tricolor, que acredita que o perfil do ex-comandante do Internacional, Atlético-MG e San Lorenzo é o ideal para liderar a retomada do clube em 2018.

Há a expectativa, inclusive, de Aguirre pintar no estádio do Morumbi para assistir ao confronto com o Red Bull Brasil, válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Já classificado às quartas de final, o time será comandado pelo treinador interino André Jardine, que passará a ser auxiliar técnico fixo do time profissional após o uruguaio assumir o comando.

Barcelona, Borussia, River, Boca e mais: o fim de semana no FOX Sports 

A reportagem da Gazeta Esportiva apurou que houve uma reunião na manhã deste sábado entre o corpo diretivo do São Paulo para alinhar a contratação de Diego Aguirre, que viu com bons olhos a proposta oferecida por Raí e companhia para voltar a trabalhar no Brasil. Desta maneira, o treinador uruguaio já estaria de malas prontas para desembarcar na capital paulista e iniciar o projeto.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Desempregado desde setembro de 2017, quando deixou o San Lorenzo, da Argentina, após a eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores da América para o Lanús, Aguirre fez bons trabalhos à frente dos clubes brasileiros pelos quais passou. No Internacional, por exemplo, ele teve um aproveitamento de 60,4%, somando 24 vitórias, 15 empates e nove derrotas, além de se sagrar campeão gaúcho em cima do Grêmio.

Apesar do currículo de respeito, Aguirre não é unanimidade entre a alta cúpula tricolor. Diretores e conselheiros estão receosos quanto à contratação do uruguaio por conta da possibilidade de ele ser escolhido para assumir a seleção de seu país após a Copa do Mundo. Óscar Tabárez está à frente do time celeste desde 2006 e deve encerrar seu ciclo ao fim do Mundial da Rússia.

Saiba mais:

Santos vence briga com Timão por zagueiro

Alisson pode ser rival de Neymar na França

Corinthians compra direitos de meio-campista

Caso Aguirre aceite comandar o Uruguai, ele seria o terceiro treinador estrangeiro do São Paulo a abandonar o clube para treinar uma seleção recentemente. Juan Carlos Osorio deixou o cargo para assumir o México. Depois, foi a vez de Edgardo Bauza dar adeus ao Morumbi para realizar o sonho de ser o treinador da seleção argentina.

Crédito da foto: Celso Pupo/Foto Arena

Link copiado para a área de transferência!