Chilavert faz revelação bizarra sobre estratégia de craque alemão na Copa do Mundo de 2002

Chilavert faz revelação bizarra sobre ‘estratégia’ de craque alemão na Copa do Mundo de 2002

De acordo com o paraguaio, o craque Michael Ballack, da seleção da Alemanha e do Chelsea, tinha um cheiro horroroso e que era ‘impossível marca-lo’

FOX Sports

O ex-goleiro paraguaio José Chilavert não era apenas um exímio cobrador de pênaltis e faltas, mas também um grande colecionador de histórias. Sejam elas tristes ou emocionantes, o arqueiro revelou uma que pode ser classificada no mínimo como diferente em entrevista à ESPN latino-americana. De acordo com o paraguaio, o craque Michael Ballack, da seleção da Alemanha e do Chelsea, tinha um cheiro horroroso e que era ‘impossível marca-lo’.

Barcelona, Borussia, River, Boca e mais: o fim de semana no FOX Sports 

“Você não podia chegar perto de Ballack por causa de seu odor terrível, absolutamente terrível. Ele poderia usar mais desodorante ou um limão. Talvez tenha sigo uma estratégia, quem sabe”, disse o goleiro durante uma participação em um programa do canal estrangeiro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Chilavert esteve em campo contra Ballack nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2002. Na oportunidade, a Alemanha venceu por 1 a 0 e se classificou. Naquele mundial, os europeus perderam o título par o Brasil, na grande decisão, em derrota por 2 a 0.

Saiba mais:

Santos vence briga com Timão por zagueiro

Alisson pode ser rival de Neymar na França

Corinthians compra direitos de meio-campista

Crédito da foto: STR / AFP

Link copiado para a área de transferência!