Roger Machado vê espírito de Libertadores no Palmeiras em vitória no clássico

Roger Machado vê 'espírito de Libertadores' no Palmeiras em vitória no clássico

Com intensidade na marcação na saída de bola e uma vontade acima do normal desde o apito inicial, o Verdão 'engoliu' o São Paulo no Allianz Parque

FOX Sports

No centésimo jogo da história do Allianz Parque, o Palmeiras bateu o São Paulo mais uma vez e garantiu a primeira colocação geral do Campeonato Paulista. Apesar do jogo pelo Estadual, porém, o técnico Roger Machado viu o Verdão atuando com uma intensidade digna de Copa Libertadores da América.

“Acho que sim (jogamos um futebol de Libertadores). Se a gente levar esse espírito para qualquer competição, não tenha dúvida que vamos gerar muito problema para os adversários. Salientei na palestra que, depois da derrota no Derby, a gente não levou o abatimento para a estreia na Libertadores. Disse que eu gostaria que a gente trouxesse o otimismo da Libertadores para o Paulista. Foi um jogo muito intenso, com característica de competição sul-americana”, afirmou o treinador, que escalou a mesma formação que venceu o Junior Barranquilla, na estreia da Liberta, na Colômbia.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu costumo dizer para os atletas que 100% não ganha jogo. Ou ganha, eventualmente, algumas partidas. O algo a mais é o 110%, a concentração o tempo todo, é saber que você pode se doar ao máximo, porque as trocas vão manter o nível alto do jogo coletivo. Hoje vimos um alto grau de concentração e intensidade. Claro que você não consegue pressionar o tempo inteiro, mas quando houve necessidade, todo mundo conseguiu fazer. Temos uma equipe muito técnica. Por mais que a gente tente nos blindar do externo, da euforia, por vezes a gente acredita que só o diferencial técnico vai te levar a vitórias e títulos. Não vai. Tem que ter entrega”, completou.

Sul-Americana e Europa League são os destaques na programação do FOX Sports 

A consciência tática dos palmeirenses em campo impressionou. Sem a bola, Bruno Henrique cobrou que Willian voltasse à marcação, Lucas Lima cobriu o avançou de Felipe Melo, e Dudu foi até lateral direito em alguns momentos. Assim, a equipe de Roger Machado simplesmente amassou o São Paulo, e precisou de apenas nove minutos para abrir o marcador. Ainda no primeiro tempo, Borja fechou o marcador.

“Todo clássico tem esses elementos de hoje. Foi um jogo aberto, não foi truncado, daqueles em que nenhuma das equipes quer ter a bola. Não foi o primeiro tempo somente, foi a partida toda, nossa melhor na temporada, marcando a saída de bola, retomando bolas no campo de ataque, tendo paciência de encontrar o melhor momento para atacar profundidade. Toda a intensidade foi traduzida em gols. Foi um jogo bastante sólido. Quando o coletivo se sobressai, várias individualidades aparecem. Muitos jogadores foram acima da média”, finalizou.

Saiba mais:

PSG pode ter técnico brasileiro

Griezmann muito perto do Barça?

CR7 amplia vantagem sobre Messi

Com o melhor apresentado no Estadual até aqui, o Palmeiras garantiu a primeira colocação geral no Campeonato Paulista. Com o triunfo no Choque-Rei, o Verdão foi a 23 pontos ganhos e se classificou na liderança do Grupo C. O adversário das quartas de final será o Novorizontino, mas antes, o time encara o Ituano, fora de casa, na última rodada da competição.

Link copiado para a área de transferência!