Em final antecipada Arsenal surpreende o Milan e consegue boa vantagem para jogo de volta

Em "final antecipada", Arsenal surpreende o Milan e consegue boa vantagem para jogo de volta

Partida foi disputada na casa do clube italiano, que perdeu por 2 a 0 e agora terá que marcar pelo menos três gols e não sofrer nenhum se quiser se classificar para as quartas de final

Gazeta Press

Depois de mais de quatro anos longe dos confrontos contra gigantes do futebol europeu, o Milan recebeu o Arsenal no San Siro pelas oitavas de final da Europa League. O confronto era cercado de expectativas, e por jogar em casa, a equipe de Gattuso poderia levar vantagem contra o time de Wenger, que vive em crise e não vencia há quatro jogos. Entretanto, a equipe italiana se apresentou mal, foi dominada e perdeu por 2 a 0, gols marcados por Mkhitaryan e Ramsey no primeiro tempo. Excelente vantagem para o jogo de volta e classificação praticamente sacramentada. Foi a primeira derrota dos mandantes neste ano.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

As equipes agora pensam nos respectivos campeonatos nacionais. A equipe de Milão vai encarar o Genoa, no próximo domingo (11 de março). Os ingleses recebem o Watford, no Emirates Stadium.

O jogo

Emalado pela torcida que lotou o San Siro, o Milan partiu para cima, e logo de início teve uma boa chance, após cruzamento de Suso, Bonaventura se esticou, mas não alcançou a bola. O Arsenal, por sua vez, respondeu com Mkhitaryan, que ao receber de Wilshere bateu firme, passando perto do gol defendido por Donnaruma. A equipe começava a controlar a partida, depois de uma pressão inicial dos mandantes.

Depois do erro de Chambers, os rossonero quase abriram o placar, Çalhanoglu serviu Cutrone, o atacante bateu de bico e pela rede do lado de fora. Já levemente superiores, os Gunners abriram o placar, Mkhitaryan recebeu pela esquerda, trouxe para o pé direito e bateu; a redonda ainda desviou em Bonucci, ganhou altura e matou Donnarumma.

Sul-Americana e Europa League são os destaques na programação do FOX Sports 

Os italianos voltaram a assustar com Bonaventura, após cruzamento de Suso, o jogador acabou mandando pela linha de fundo. Em três minutos, o time Inglês teve boas oportunidades para ampliar, o lateral, Chambers cruzou, mas a Bonucci fez o corte antes da bola chegar em Welbeck. O autor do cruzamento tentou finalização na sequência, e Donnaruma fez bela defesa.

Welbeck perdeu oportunidade, após passe de Mkhitaryan, o goleiro do Milan pegou firme. Mas bem superior ao adversário, o armênio teve chance e a bola foi no travessão. Aos 49 minutos, Ozil deu passe para Ramsey, que cara a cara não perdoou e ampliou 2 a 0 e final de primeiro tempo.

No início da segunda etapa, o Arsenal teve a chance de marcar o terceiro, Kessié deu passe esquisito, e a bola foi de presente para Welbeck, mas Donnaruma conseguiu sair do gol e evitou o tento. O Milan respondeu com Bonaventura, mas acabou isolando.

Com 15 minutos, a equipe comandada por Gattuso era um pouco melhor do que no primeiro tempo, mas fazia muito pouco para diminuir o marcador. O treinador tentou colocar o atacante Kalinic com o intuito de aumentar a força ofensiva. O time de Wenger conseguia quebrar o ritmo e segurava.

A tônica da partida seguia a mesma. Os Gunners administrando a excelente vantagem construída, enquanto os rossonero não tinham força para reaguir e criar grandes oportunidades, apesar de lutarem muito. No final, o time de Wenger quase fez o terceiro, mas conseguiu sair com o grande resultado de 2 a 0.

Saiba mais:

PSG pode ter técnico brasileiro

Griezmann muito perto do Barça?

CR7 amplia vantagem sobre Messi

Crédito Foto: EFE 

Link copiado para a área de transferência!