Imprensa francesa crava quando Unai Emery deixará o Paris Saint Germain

Imprensa francesa crava quando Unai Emery deixará o Paris Saint-Germain

De acordo com a imprensa francesa, o vínculo do treinador, que se encerra no fim da temporada, não será renovado e a saída é certa para a contratação de um novo comandante

Gazeta Press

A derrota e a consequente eliminação do Paris Saint-Germain para o Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões parece realmente ter sido a gota d’água para a permanência de Unai Emery no comando do clube. De acordo com a imprensa francesa, o vínculo do treinador, que se encerra no fim da temporada, não será renovado e a saída é certa para a contratação de um novo comandante.

Após a eliminação, o presidente e dono do PSG, Nasser Al-Khleaifi, compareceu aos microfones da zona mista para dar explicações e a permanência de Emery não foi garantida pelo mandatário. Apesar de reiterar a confiança no projeto do clube, indicou a necessidade de mudanças para, principalmente, conquistar a Liga dos Campeões, principal objetivo.

Sul-Americana e Europa League são os destaques na programação do FOX Sports 

As informações divulgadas pelo L’Equipe dão conta de que o treinador estava ciente de que sua permanência dependia do sucesso da equipe dentro de campo e, pelo investimento realizado, uma temporada de sucesso internacional. No contrato de Unai Emery, aliás, havia uma cláusula que promoveria a renovação automática do vínculo em caso de classificação para as semifinais da Champions League.

Nas duas temporadas que esteve sob o comando do PSG, Emery conquistou a Copa da Liga, da França e a Supercopa local. Porém, acabou perdendo o Campeonato Francês para o Monaco e sendo eliminado pelo Barcelona da competição continental após vencer o primeiro jogo por 4 a 0. Na sua segunda e, provavelmente, última temporada, deve conquistar o campeonato nacional e segue na disputa das copas, mas nem isso deve impedir sua saída.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time 

O investimento feito também pesou para as obrigações do comandante atingirem um patamar maior. Depois de firmar a contratação de Neymar como o jogador mais caro da história do PSG e de Mbappé, uma das principais promessas do futebol mundial, a expectativa de conquistar a Liga dos Campeões era imensa nos bastidores e, apesar da eliminação para o Real Madrid e sem o brasileiro, o clima era de decepção, afirmam fontes locais.

Leia também:

Palmeiras busca zagueiro no futebol europeu

PSG próximo de primeiro reforço após eliminação

Sevilla não descarta negociar Ganso

(Crédito da imagem: Agência EFE)

Link copiado para a área de transferência!