Douglas Costa sobre Flamengo x Grêmio em 2009 Tinha que jogar pra não ganhar

Douglas Costa sobre Flamengo x Grêmio em 2009: 'Tinha que jogar pra não ganhar'

Em entrevista publicada pelo canal Youtube Pilhado, do jornalista Thiago Asmar, o meia-atacante da Juventus disse que o time de Porto Alegre entrou em campo sem tanto empenho para vencer o jogo

FOX Sports

Uma das principais estrelas do futebol mundial na atualidade, Douglas Costa abriu o jogo sobre uma das partidas que mais marcaram o Campeonato Brasileiro. Tendo a dupla Adriano Imperador e Petkovic, o Flamengo recebeu o Grêmio na rodada final e precisava vencer para chegar ao título. Dentro do Maracanã, o Rugro-Negro venceu de virada por 2 a 1: Roberson marcou para o Imortal, enquanto David Braz e Ronaldo Angelim anotaram para os donos da casa. Em entrevista publicada pelo canal de Youtube Pilhado, do jornalista Thiago Asmar, o meia-atacante da Juventus disse que o time de Porto Alegre entrou em campo sem tanto empenho para vencer o jogo.

Libertadores, Recopa, Copa do Brasil e mais: a semana no FOX Sports

Naquela temporada, Flamengo e Internacional disputaram até a última rodada a taça do Campeonato Brasileiro, e o Imortal entrou em campo naquele domingo com três titulares, antecipando o período de férias de alguns jogadores. Com o placar de 1 a 1 no intervalo da partida, o título ia para o Colorado. Com o gol decisivo de Ronaldo Angelim, o Rubro-Negro acabou se sagrando campeão naquele ano. Em entrevista, o ex-gremista admitiu que uma vitória naquela rodada não interessava ao elenco.

“A gente foi com o time reserva, a gente jogou e nos primeiros 45 minutos a gente fez um gol e terminou 1 a 1 o primeiro tempo. No intervalo, chegou a notícia que o Inter estava sendo campeão com aquele resultado. A gente trocou umas peças dentro de campo, mas imagina a gente com o time reserva vence o melhor time do Brasil naquele ano que era o Flamengo e dando o título para o Inter ainda? Como que ia ficar? Como ia ficar eu com o meu Tricolor? Ia ficar manchada. Eu dava umas pedaladas para cá outras para lá, mas tudo longe do gol. Não dava... é um jogo difícil de entrar em campo. Não podia entregar porque fica feio, mas tem que jogar para não ganhar. No final deu tudo certo né? 2 a 1 Flamengo, todo mundo comemorou, tudo certo”, afirmou Douglas Costa, revelando ainda que dirigentes do Imortal foram ao vestiário do Maracanã no intervalo para informar sobre o resultado parcial do jogo do rival Internacional.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“É normal dirigente visitar vestiário, ainda mais num jogo com essa importância, Flamengo estava buscando o título, Maraca lotado. O dirigente falou para a gente que nós podíamos fazer o que a gente quisesse, que a responsabilidade era nossa. Ele falou que se a gente ganhasse a gente ia descer na pista do aeroporto, porque senão a gente não iria sair do aeroporto, a torcida do Grêmio ia querer matar a gente. Ia ser uma coisa que ia ficar manchada na história do Grêmio né? O Grêmio deu o título para o Inter. Ainda bem que não aconteceu. Não tinha como ganhar do Flamengo ali, se a gente ganha do Flamengo ali... estava morto”, disse o atacante.

Saiba mais:

Jornal: troca Hazard por Aguero?

Dorival: "Diego Souza dará certo"

Lewa fala sobre ida para o Real

(Crédito da imagem: Pedro Martins/MoWA Press)

Link copiado para a área de transferência!