'Novo dono' da Bulgária e com legião brasileira: a pedreira que o Milan enfrentará na Europa League

Time da Bulgária se acostumou a incomodar as principais potências em competições europeias nos últimos anos, e terá a missão de parar o time comandado por Gennaro Gattuso

False
344245

Distante da briga pelo título da Serie A TIM, o Milan volta as suas atenções em 2018 para a conquista de uma taça inédita em sua história: a EUFA Europa League. E no caminho do gigante italiano estará uma das equipes ade maior ascensão no futebol europeu nas últimas temporadas: o Ludogorets. O time da Bulgária se acostumou a incomodar as principais potências em competições europeias nos últimos anos, e terá a missão de parar o time comandado por Gennaro Gattuso. As duas equipes medem forças nesta quinta-feira (15), a partir das 16h, na tela do FOX Sports 2.

Europa League, Libertadores, Recopa e mais: a programação do FOX Sports

Se na Europa o nome do Ludogorets começa a se consolidar, dentro da Bulgária está no hall dos maiores campeões. O time comandado agora por Dimitar Dimitrov é nada menos do que o atual hexacampeão do Campeonato Búlgaro (2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017). O maior vencedor nacional no país segue sendo o CSKA Sofia (31 títulos), seguido pelo Levski Sofia (26) e o Slavia Sofia (7).

A marcante camisa verde utilizada pelo Ludogorets poderia contar também com a cor amarela, tamanha é a história do clube com jogadores brasileiros. No atual elenco são nada menos do que nove atletas nascidos no Brasil: o goleiro Renan, os laterais Rafael Foster, Cicinho e Natanael, os meio-campistas Lucas Sasha, Gustavo Campanharo, Marcelinho e Wanderson e o atacante João Paulo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O Ludogorets foi o segundo colocado no Grupo C na fase de grupos Europa League, um ponto atrás do Braga. O gigante Milan, por sua vez, ficou com a primeira posição no Grupo D, à frente de AEK Atenas Rijeka e Austria Viena.

Leia também:

Santos perto de ex-Corinthians

Neymar tem data para ir para o Real

Barça perto de acordo com Arthur

(Crédito da imagem: Agência EFE)

Deixe seu comentário