Coutinho fala em sonho da Bola de Ouro e nega ser o substituto de Neymar no Barcelona

Ainda sobre o camisa 10 da Seleção Brasileira, o ex-meia do Liverpool se esquivou de polêmica e disse não saber sobre uma possível transferência ao Real Madrid

False
344059

Capa dos principais jornais esportivos espanhóis nesta terça-feira, o reforço mais caro da história do Barcelona, Philippe Coutinho, afastou uma possível pressão por ser a negociação de maior valor da equipe catalã e reforçou seu orgulho em defender as cores blaugranas.

Europa League, Libertadores, Recopa e mais: a programação do FOX Sports

“Para mim é uma honra e um orgulho, mas é algo que tenho que deixar de lado e me dedicar a jogar futebol, fazendo da forma como sempre fiz. Tenho que melhorar e jogar bem dentro de campo para ajudar a equipe alcançar as coisas, que foi o motivo pelo qual fui contratado”, destacou o brasileiro para o Mundo Deportivo.

Mostrando estar adaptado ao Camp Nou e aos seus companheiros de equipe, Messi e Suárez, Coutinho rechaçou a ideia de que sua contratação serviu para substituir Neymar e ainda afirmou que não ocupará o vazio no meio de campo quando Iniesta optar pela aposentadoria no clube catalão.

“Quando se fala de Iniesta, se fala de um gênio por tudo que fez e faz. O futebol tem que estar muito agradecido a Andrés. Eu tive a oportunidade de conhecê-lo e para mim foi algo muito especial. Cada um é diferente, só haverá um Iniesta. Não há outro como ele”, declarou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Muita gente diz isso, mas penso diferente (sobre estar no lugar de Neymar). No final das contas, jogamos onze no campo, somos uma equipe e Neymar e eu somos jogadores diferentes, cada um com suas características. Eu espero ajudar da minha forma e fazer o melhor possível”, completou.

Ainda sobre o camisa 10 da Seleção Brasileira, o ex-meia do Liverpool se esquivou de polêmica e disse não saber sobre uma possível transferência ao Real Madrid. Entretanto, Coutinho comentou sobre o rumor de que iria para o PSG junto com Neymar e afastou a possibilidade de deixar o Barça para ganhar a Bola de Ouro, como especulado sobre o ex-jogador do Santos.

“A verdade é que não temos nos falado muito. Ele tomou sua decisão e eu tive a oportunidade de vir para cá. Quando se deu a oportunidade, nem pensei duas vezes, sempre tive claro, porque sempre foi meu sonho estar neste clube. Quero conquistar meu espaço aqui, ganhar títulos e ser feliz no Barcelona”, contou ao jornal Sport.

“É algo que todo jogador quer ganhar se puder (Bola de Ouro), mas penso mais em ganhar títulos, é o que me motiva de verdade. Isso é uma consequência se você faz boas temporadas e ganha títulos. O que mais me motiva agora é ganhar com o Barcelona”, finalizou.

Saiba mais:

"Corinthians tem sempre prioridade"

SP segue negociando por Victor Ferraz

Milan e rival querem Lincoln, do Fla

Crédito da imagem: EFE

Deixe seu comentário