Clima tenso! Antonio Conte manda recado direto a Abramovich, dono do Chelsea

A declaração vem num momento crítico de Conte perante o comando do Chelsea. As duas últimas partidas pelo Campeonato Inglês foram derrotas de goleadas frente o Watford e o Bournemouth

False
343842

Antonio Conte não está por fora do que andam comentando sobre sua saída do comando técnico do Chelsea. Por isso, resolveu mandar um recado diretamente ao dono do clube inglês, o bilionário russo Roman Abramovich: “Há duas formas de atuar, uma estúpida e uma inteligente”.

A frase foi publicada pelo jornal português A Bola acompanhada de outras afirmações. “Acredito que o clube mantém a aposta no seu treinador não por aquilo que consegue numa época, mas porque confia nele e então constroem algo juntos. Mas isso não significa que tenha de conquistar algo, porque não é fácil, sobretudo na Inglaterra”, iniciou o italiano. “Aliás, pode-se até ganhar algo e o clube não querer ficar com ele. Também é possível confiar no treinador e no seu trabalho mesmo sem títulos”.

Inter de Milão, Bundesliga e mais: a programação do FOX Sports

A declaração vem num momento crítico de Conte perante o comando do Chelsea. As duas últimas partidas pelo Campeonato Inglês foram derrotas de goleadas frente o Watford e o Bournemouth, o que confirma a atuação abaixo do esperado. E o clube inglês tem um duelo crucial pela frente no próximo dia 20, quando recebe o Barcelona, pela Liga dos Campeões – a partida de volta será em 14 de março, na Catalunha.

Saiba mais:

Edilson relembra marca histórica no Fla

Bayern quer titular da Seleção Brasileira

Dudu supera 'trauma' no Palmeiras

Ainda seguindo seu “recado” para o magnata russo, ele completou. “Há duas formas de atuar, uma estúpida e outra inteligente. Mas devo dizer que tenho um grande respeito por cada uma das opções. Se o clube decidir mandar-me embora é porque não está satisfeito com o meu trabalho”.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Dois nomes cotados para assumir os Blues são o de Luis Enrique, atualmente sem clube, e Marcos Silva, demitido no meio de janeiro do Watford.

Deixe seu comentário