Veja tudo sobre a estreia de Mina como titular no Barcelona

Veja tudo sobre a estreia de Mina como titular no Barcelona

Zagueiro esteve em campo neste domingo, no Camp Nou, no empate por 0 a 0 com o Getafe, pelo Campeonato Espanhol

Gazeta Press

O Barcelona não saiu do zero com o Getafe neste domingo, no Camp Nou, pela 23ª rodada do Campeonato Espanhol. Precisando da vitória para manter a vantagem de nove pontos para o Atlético de Madrid, que superou o Málaga neste sábado, o time comandado por Ernesto Valverde dominou a partida, porém, parou no goleiro Guaita, que salvou os visitantes diversas vezes ao longo dos 90 minutos, e viu os Colchoneros diminuírem a distância para sete pontos na classificação.

O confronto com o Getafe marcou a segunda partida de Philippe Coutinho como titular do Barcelona. Além disso, Yerry Mina também estreou entre os 11 jogadores que iniciaram o duelo, se tornando o primeiro colombiano a defender o clube catalão no Campeonato Espanhol. Essa também foi a primeira vez que o ex-palmeirense atuou no Camp Nou.

Inter de Milão, Bundesliga e mais: a programação do FOX Sports

O Barcelona volta a entrar em campo pelo Campeonato Espanhol no próximo domingo, quando visita o Eibar, às 12h (de Brasília), no estádio Ipurúa. Já o Getafe recebe o Celta de Vigo, no mesmo dia e horário, no Coliseum Alfonso Pérez.

O jogo – O Barcelona teve bastante dificuldade para furar o bloqueio defensivo dos adversários no primeiro tempo. Ainda se adaptando ao esquema do Barça, Philippe Coutinho teve atuação discreta nos 45 minutos iniciais e não conseguiu fazer a diferença, assim como Suárez e Messi. Para se ter uma noção, o primeiro lance de perigo dos donos da casa ao gol ocorreu somente aos 31 minutos, quando Messi recebeu de Rakitic, porém, foi interrompido por Damián no momento em que iria finalizar.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Antes de ir para o intervalo, foi o Getafe que incomodou mais dentro de campo. Aos 39 minutos, Ángel recebeu passe açucarado e, mano a mano com Yerry Mina, bateu cruzado, rente à trave direita de Ter Stegen. No minuto seguinte, foi a vez de Shibaski desperdiçar outra oportunidade dos visitantes, pecando na conclusão da jogada. Como resposta, aos 43, Suárez recebeu linda bola de Messi e sem deixa-la cair no chão bateu firme, sem chances para o goleiro, entretanto, o árbitro já havia sinalizado impedimento do atacante uruguaio.

Já no segundo tempo o Barcelona voltou a campo mais agressivo e quase abriu o placar aos dez minutos, quando Alcácer tocou para Suárez bater rasteiro, tirando tinta da trave de Guaita. Dois minutos depois foi a vez de Coutinho buscar o canto, exigindo outra boa defesa do goleiro do Getafe. Apostando no contra-ataque, os visitantes novamente assustaram aos 14, quando Djené flagrou Ter Stegen totalmente adiantado e tentou encobrir o alemão, porém, mandou para fora.

Saiba mais:

Edilson relembra marca histórica no Fla

Bayern quer titular da Seleção Brasileira

Dudu supera 'trauma' no Palmeiras

Vendo a necessidade de fazer alterações, o técnico do Barça, Ernesto Valverde, decidiu sacar Coutinho de maneira precoce, aos 16 minutos do segundo tempo, colocando Iniesta. O jovem Dembelé também entrou em campo, no lugar de Paco Alcácer, porém, foi o Getafe quem quase balançou as redes após as substituições. Aos 19, Ndiaye recebeu na esquerda e bateu firme, cruzado, obrigando Ter Stegen a espalmar para escanteio.

Já na reta final da partida, aos 31 minutos, Yerry Mina por pouco não se consagrou em sua estreia. Em cobrança de escanteio, o zagueiro subiu mais alto do que todo mundo na área para cabecear firme, no canto direito do goleiro rival, que viu a bola sair pela linha de fundo. Nem mesmo a entrada de Paulinho no lugar de Busquets nos minutos finais fez com que o Barça, enfim, balançasse as redes, e os líderes do Campeonato Espanhol tiveram de se contentar com o segundo empate consecutivo na competição.

Link copiado para a área de transferência!