Gabriel Jesus revela que temeu perder a Copa do Mundo por conta de lesão

Perto de voltar aos gramados, o atacante afirma que fará de tudo para já estar disponível para Tite no início de março, quando o comandante anunciará uma convocação para os dois últimos amistosos antes do mundial

False
343805

Atualmente, Gabriel Jesus vive fase final de sua recuperação de uma lesão no ligamento colateral médio do joelho esquerdo sofrida no último dia de 2017 durante a partida do Manchester City contra o Cristal Palace. Hoje, passado um mês e meio da lesão, o atacante tem total convicção que este problema não interfirá em sua preparação para a Copa do Mundo deste ano. No entanto, o próprio jogador admite que no momento em que sentiu o problema temeu que ficaria de fora do torneio.

Inter de Milão, Bundesliga e mais: a programação do FOX Sports

“Na minha cabeça vieram muitas coisas negativas. Quando eu senti a dor ali, tentei ainda continuar depois do lance, e não consegui. Já veio o pior, sempre vem o pior. Mas graças a Deus não foi tão ruim. Acho que Deus me livrou de uma lesão pior. Pô, aquele momento foi complicado pois já pensei em seleção, já pensei no restante da temporada, já pensei em tudo. Naquele momento foi bem complicado, mas minha família me deu muito apoio. Logo passou tudo e consegui focar de novo”, relembrou em entrevista à TV Globo.

Passado o susto, o brasileiro afirma estar trabalhando muito para retornar com a melhor forma possível. Já realizando algumas atividades com bola, o jogador acredita que retornará aos treinamentos com o grupo em breve, apesar de revelar um pequeno temor.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Estou batendo um pouquinho na bola já. Estava com muita saudade, mas ainda estou com um pouco de medo. Acho que isso, conforme o tempo for passando. Acho que com uma semana já batendo na bola, mais dias batendo na bola, acho que vou perdendo o medo. Acho que em pouco tempo volto a treinar com o grupo”, avaliou.

Por fim, o atacante afirma que fará de tudo para já estar disponível para Tite no início de março, quando o comandante anunciará uma convocação para os dois últimos amistosos antes do mundial. “Sempre disse que vou fazer por merecer. Vou treinar muito. Vou tentar fazer ajudar meus companheiros aqui no Manchester City. Agora tem dois amistosos em março. Se eu for convocado, vou tentar fazer o melhor possível para merecer estar junto e ser um selecionável”, completou o atacante.

Saiba mais:

Edilson relembra marca histórica no Fla

Bayern quer titular da Seleção Brasileira

Dudu supera 'trauma' no Palmeiras

Crédito da imagem: Pedro Martins/MoWa Press

Deixe seu comentário