'Sinto muito': Presidente de clube inglês pediu desculpas pela contratação de técnico

Equipe do Leeds chegou a liderar a 'Championship', mas depois caiu de produção e atualmente vem apenas em décimo lugar, com 44 pontos, a sete da zona de classificação para o playoff

False
343337

O presidente do Leeds United, clube dono de três títulos do Campeonato Inglês e que atualmente disputa a segunda divisão, Andrea Radrizzani, pediu desculpa nesta quarta-feira pela contratação do técnico Thomas Christiansen, demitido no último domingo.

Possível rival do Palmeiras, Real, Inter de Milão e mais: a programaão do FOX Sports

O treinador dinamarquês naturalizado espanhol esteve à frente do Leeds durante oito meses e fez um bom começo de trabalho. A equipe chegou a liderar a chamada 'Championship', com cinco vitórias em sete rodadas, mas depois caiu de produção e atualmente vem apenas em décimo lugar, com 44 pontos, a sete da zona de classificação para o playoff que define o último concorrente a garantir o acesso para a elite.

"Cometi um erro e sinto muito por isso. Peço desculpas publicamente pelos maus resultados", disse o dirigente italiano à emissora britânica Sky Sports. "Aproveito a oportunidade para pedir a todos os torcedores que apoiem o Leeds porque temos de pensar que ainda há uma boa parte da temporada pela frente", acrescentou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time 

Radrizzani ainda fez elogios ao novo técnico do time, Paul Heckingbottom, que comandou o Barnsley no acesso da terceira para a segunda divisão no ano passado e assinou contrato até junho de 2019. "Ele conhece o terreno", enalteceu.

Leia também:

Ganso disputado por brasileiros

City mira craque argentino

Napoli ainda quer joia do Timão

(Crédito da imagem: Reprodução/Twitter Leeds)

Deixe seu comentário