Grêmio vira sobre o Brasil de Pelotas e conquista a primeira vitória

A primeira vitória em seis jogos do Estadual – antes, foram quatro derrotas e um empate – levou o Grêmio aos mesmos 4 pontos ganhos do São Paulo-RS, à frente apenas do Novo Hamburgo

False
343308

O Grêmio finalmente conquistou uma vitória no Campeonato Gaúcho. E de virada. Na noite desta quarta-feira, em sua arena, o time vice-campeão mundial no ano passado ficou em desvantagem no placar diante do Brasil de Pelotas, mas alcançou o triunfo por 2 a 1 com gols de Alisson e Luan.

A primeira vitória em seis jogos do Estadual – antes, foram quatro derrotas e um empate – levou o Grêmio aos mesmos 4 pontos ganhos do São Paulo-RS, à frente apenas do Novo Hamburgo, que tem 2 e um jogo a menos. O Brasil de Pelotas, que estava invicto, soma os mesmos 13 do líder Caxias.

Saiba mais:

Fla recebeu oferta por Paquetá

Andrés defines nomes no Timão

PSG e Real querem joia do Barça

Aliviado no Campeonato Gaúcho, o Grêmio agora pode se preocupar com a Recopa Sul-Americana. O jogo de ida contra o argentino Independiente será na quarta-feira que vem, em Avellaneda. Pelo Estadual, haverá confronto com o Veranópolis somente em 17 de fevereiro, fora de casa. O Brasil de Pelotas receberá o São José-RS no dia seguinte.

O jogo – Precisando reagir na temporada, o Grêmio, como esperado, procurou pressionar o Brasil de Pelotas em Porto Alegre. Do outro lado, o time visitante adotou uma estratégia cautelosa, mas queria trocar passes quando tivesse a bola, jogando no erro do adversário.

A postura do Brasil de Pelotas ajudava o Grêmio a ficar mais tempo no campo de ataque. O problema é que a equipe de Renato Gaúcho voltou a esbarrar na falta de criatividade na armação de jogadas. Para resolver o problema, Maicon arriscou um chute de fora da área aos 35 minutos e parou na defesa do goleiro Marcelo Pitol.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time 

Foi o Brasil de Pelotas que abriu o placar. Aos 38, um minuto após Toty desperdiçar grande oportunidade de gol ao chutar em cima de Marcelo Grohe da entrada da pequena área, Robério acertou a rede. O atacante desviou uma batida cruzada do próprio Toty e viu a bola tocar no travessão antes de entrar.

Cobrado no intervalo, o Grêmio retornou para o segundo tempo com Alisson e Jael nos lugares de Madson e Jailson. A mudança que Renato Gaúcho realmente esperava dos seus comandados, contudo, era de efetividade dentro da arena.

Decisões na Libertadores e Copa do Brasil: a semana no FOX Sports

As trocas surtiram efeito. Já aos seis minutos, Alisson carregou na intermediária e arrumou espaço para soltar o pé. A bola quicou no gramado no meio do caminho, o suficiente para atrapalhar Marcelo Pitol e fazer o Grêmio empatar a partida.

A virada veio 11 minutos mais tarde. Everton recebeu lançamento longo de Maicon na ponta esquerda e cruzou a bola na área. Após falha da defesa do Brasil de Pelotas, Luan apareceu com liberdade para anotar o segundo gol gremista.

Agora em vantagem no marcador, o Grêmio se viu livre do peso do placar parcial adverso e passou a incomodar o Brasil de Pelotas, que trocou Robério e Toty por Matheus Lima e Dudu. Não conseguiu ampliar o placar, porém finalmente comemorou uma vitória no Campeonato Gaúcho.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 1 BRASIL DE PELOTAS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 7 de fevereiro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Anderson da Silveira Farias
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior e José Eduardo Calza
Público: 9.964 pagantes (total de 11.953)
Renda: R$ 351.364,00
Cartões amarelos: Jael (Grêmio); Mossoró, Artur e Leandro Leite (Brasil de Pelotas)
Gols: GRÊMIO: Alisson, aos 6, e Luan, aos 17 minutos do segundo tempo; BRASIL DE PELOTAS: Robério, aos 39 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Madson (Alisson), Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson (Jael), Maicon (Michel), Léo Moura, Luan e Everton; Cícero
Técnico: Renato Gaúcho

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Rafael Dumas, Gustavo Bastos e Artur; Leandro Leite, Itaqui, Toty (Dudu), Mossoró (Calyson) e Alisson Farias; Robério (Matheus Lima)
Técnico: Clemer

Deixe seu comentário