Novo diretor executivo do Santos abre portas para a volta de Robinho Jogador fora de serie

Novo diretor executivo do Santos abre portas para a volta de Robinho: "Jogador fora de série"

Sem acordo com o Atlético-MG, o "Rei das pedaladas" está livre no mercado. Segundo Gustavo Vieira, Peixe tem conversas com o jogador: "Sempre está na mira"

Gazeta Press

Gustavo Vieira de Oliveira foi apresentado como novo diretor-executivo de futebol do Santos e, prontamente, abriu as portas do clube para Robinho. Sem acordo de renovação com o Atlético-MG, o atacante foi elogiado pelo dirigente, que busca reforçar o setor ofensivo do Peixe após as saídas de Lucas Lima e Ricardo Oliveira.

“É um jogador fora de série, um menino da Vila, com identificação grande com a instituição e com o torcedor. É um jogador que sempre está na mira. Há conversas e houve conversas. Existe um sentimento de que um menino da Vila sempre tem as portas abertas aqui”, afirmou Gustavo.

Veja a programação do FOX Sports

A ideia do chefe do departamento de futebol é entregar os reforços para o técnico Jair Ventura antes do início das competições. A estreia da equipe no Campeonato Paulista acontecerá já no dia 17 de janeiro, às 19h30 (de Brasília), contra o Linense, fora de casa.

“O calendário deste ano impôs um desafio adicional, que é a antecipação do início da temporada. O planejamento ideal é ter todos os jogadores o quanto antes. O nosso desafio é entregar ao Jair o melhor elenco possível para enfrentar os desafios pela frente”, explicou.

Sem determinar um número exato de reforços necessários, Gustavo Vieira, antes de aprofundar nas negociações, espera Jair Ventura conhecer com mais afinco o elenco e detectar as principais carências do plantel alvinegro.

“Depende um pouco do que o Jair vai encontrar. Um diálogo pode aumentar o número (de reforços) para mais ou para menos. O objetivo é chegar no grupo mais forte possível para o Santos enfrentar os desafios do ano”, elucidou.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Sobrinho de Raí que, desde dezembro, ocupa o mesmo cargo no São Paulo, Gustavo preferiu se esquivar ao ser questionado sobre o trabalho do tio. “Não sei, faz um mês que não falo com ele. É meu rival (risos)”, brincou.

Gustavo Vieira de Oliveira, filho do ídolo corintiano Sócrates, chega ao Santos com o aprendizado de ter sido diretor-executivo do Tricolor duas vezes, entre 2013 e 2016. Formado em Gestão do Esporte pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), garante estar gabaritado para trabalhar no Peixe.

“Além da experiência que tive, trago um conteúdo teórico de estudos anteriores a minha experiência. A gente não chega a um clube como esse à toa. Fiz meu caminho tanto na área teórica quanto na parte prática. Trago como experiência esse foco de que a minha responsabilidade é oferecer ao treinador e ao elenco as melhores condições de desempenhar o trabalho”, encerrou.

(Crédito da foto: Divulgação Santos)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade