Sincero, Rueda admite que time do Flamengo deixa a desejar em setor importante no campo

Independiente venceu o jogo de ida por 2 a 1 e partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (13 de dezembro), no estádio do Maracanã

False
334537

O Flamengo foi à Argentina para a primeira partida da final da Copa Sul-americana, e acabou perdendo de virada por 2 a 1 para o Independiente. O jogo foi muito disputado e as duas equipes se alternaram no controle das ações do confronto.

Em sua entrevista coletiva após a partida, o técnico Reinaldo Rueda valorizou o esforço e a atuação de sua equipe, e apontou a maior precisão dos argentinos nas chances que tiveram para marcar.

“Fizemos um grande jogo, mas faltou realizar situações que tivemos, uma ou duas. Um jogo que nos exigiu bastante. Independiente foi mais preciso que nós,” admitiu o colombiano.

Bola de Ouro, Mundial de Clubes, Arsenal e Milan ao vivo no FOX Sports

O treinador fez questão de ressaltar que sua equipe vem de dois jogos desgastantes contra o Júnior Barranquilla, na Colômbia, na última quinta-feira, e outro no domingo, em Salvador, diante do Vitória. Já o Independiente ficou uma semana treinando depois de eliminar o Libertad, do Paraguai, na quarta passada.

“Vocês sabem que Independiente não jogou no último fim de semana. Fizemos o dobro esforço na Bahia. A intensidade do Independiente está a 500%,” lembrou.

Rueda projetou também o que ele espera do confronto decisivo da próxima quarta-feira, no Maracanã.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Temos que igualar a intensidade deles, com ordem. Creio que não vai mudar do que fizemos hoje. Temos que melhorar a contundência e a eficácia nos últimos 20 metros. Temos que sair em busca do jogo em função do placar adverso. Com agressividade ofensiva, mas tem que ter precauções, porque eles têm bom contra-ataque. Vai ser um jogo muito parecido com o de hoje. Temos dias para nos recuperarmos,” concluiu.

O tom positivo do treinador sobre a finalíssima no Rio foi compartilhado pelos jogadores na saída do gramado.

“Muito reversível esse placar. No final a gente mostrou que consegue jogar. Obviamente, por estar fora de casa, eles nos empurraram para trás, e tivemos alguns contra-ataques que não aproveitamos. Espero que a torcida empurre a gente do início ao fim. Vamos atrás do título,” comentou William Arão.

Com o fim do Campeonato Brasileiro, o Flamengo terá uma semana livre para se preparar para o confronto que decidirá a taça. Com todos os ingressos vendidos antecipadamente, o apoio da torcida está garantido no Maraca, na próxima quarta-feira.

Saiba mais:

Cuéllar critica postura do Flamengo em campo

Benja revela quanto Flu pediu ao Corinthians por Scarpa

Sormani explica como Cuca pode parar no São Paulo

Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Deixe seu comentário