Cuéllar critica postura, diz que Flamengo tinha ‘jogo na mão’ e pede a virada pelo título no Rio

Atletas do Flamengo conversaram com a reportagem do FOX Sports na saída do Libertadores de América após o apito final da derrota por 2 a 1

False
334493

O Flamengo perdeu a sua invencibilidade na Conmebol Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (6 de dezembro), o Rubro-Negro caiu de virada pelo Independiente por 2 a 1 e precisa de uma vitória por dois gols de diferença no Maracanã para conquistar o título sul-americano. Na saída do gramado, Cuéllar falou no microfone FOX Sports e pediu uma reação.

“Tínhamos a partida na mão e deixamos eles virem para cima. Foi uma grande partida e fomos melhores no segundo tempo, agora é reverter o resultado no Rio de Janeiro”, disse o volante. Na saída de campo, o zagueiro Juan ressaltou a pressão vivida no Libertadores de América.

Saiba mais:

Vasco pode ter 'pacotão' com D. Souza

Palmeiras recebe proposta por Dudu

Fla quer desempatar finais contra argentinos

“Com o apoio da nossa torcida vamos conseguir reverter. É um campo difícil, eles têm um bom time, bom toque de bola, mas vamos decidir em casa e esperamos reverter isso”, disse o zagueiro. O volante Willian Arão repetiu o discurso e também sonha com a virada no Maracanã.

“É muito reversível esse placar. Obviamente a gente jogou fora de casa, eles empurraram a gente para trás. A gente vai jogar para frente e tentar sair com esse título” “Eu espero que sim. Se depender de nós, a gente vai jogar para cima, vamos atacar, pressionar, para que a gente consiga reverter isso”, concluiu o meio-campista.

Deixe seu comentário