Após confusão com Neymar, Cavani admite: ‘No futebol, não é preciso ser amigo de todo mundo’

Craque uruguaio voltou a tocar no assunto e disse que teve uma conversa interna com o camisa 10 da Seleção Brasileira

False
326633

Tratado como assunto mundial, a confusão envolvendo Neymar e Cavani sobre uma cobrança de pênalti, ainda gera debates e entrevistas no mundo da bola. O atacante uruguaio conversou com o diário Ovación e falou sobre a sua relação com ‘craques problemas’ como Neymar e Ibrahimovic. Veja o que ele disse:

“Sinceramente, é um prazer para mim poder atuar ao lado de craques. Como disse em outras oportunidades, sou muito realista e sei que no futebol não é preciso ser amigo de todo mundo. Tem que ser profissional e o primeiro a se fazer é respeitar os companheiros em campo”, disse o uruguaio.

Veja a programação do FOX Sports 

Cavani respondeu ainda se ele achou que Neymar faltou com respeito a ele na ocasião, uma vez que o uruguaio se tornou por mérito o cobrador de pênaltis oficial da equipe.

Saiba mais:

Barcelona perto de atacante

Jô revela segredo do Timão

Mbappé briga em treino

“Isso fica a critério de vocês, que acompanham futebol há anos. Conversei com ele e disse o que pensava, mas são coisas que ficam no vestiário. Não vou contar o que dissemos. Que fique a critério de cada um. A única coisa que quero é que as pessoas que cheguem ao meu time lutem por objetivos do grupo, e não só do individual”, finalizou o uruguaio.

Crédito da foto: Getty Images

Deixe seu comentário