Renato Gaúcho deixa futebol bonito para trás no Grêmio: 'Está na hora de conseguir resultados'

Grupo do Imortal admitiu cabeça na semifinal da Conmebol Libertadores Bridgestone, mas ainda quer se manter entre as primeiras posições no Campeonato Brasileiro

False
326572

Após a derrota para o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0, na Arena, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio entendeu que a falta de ritmo de alguns jogadores pode ter influenciado no desempenho do time. O técnico Renato Portaluppi teve o retorno de seis atletas e aproveitou a partida para testar dois garotos da base

Na saída de campo, o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira, um dos jogadores que recebeu oportunidade para readquirir ritmo de jogo, lamentou a derrota. O atelta também destacou o foco gremista na Libertadores. “Não era o resultado que a gente queria. Agora é continuar forte e unido, pois tem muita coisa ainda para acontecer. Eu estou muito feliz por voltar, fiquei muito tempo sem jogar. É importante estar voltando para pegar ritmo de jogo e todo mundo estar à disposição do Renato na fase decisiva da Libertadores”, comentou.

Veja a programação do FOX Sports

Renato afirmou que os jogadores podem estar tirando a perna, pois estão com a cabeça na decisão contra o Barcelona-EQU pelas semifinais da Conmebol Libertadores Bridgestone. “É um jogo decisivo. Daqui a pouco, muito jogadores estão com a cabeça lá na frente e esquecem de disputar o Campeonato Brasileiro. Daí se não coloca para jogar, o jogador perde ritmo de jogo e se coloca, o jogador não se expõem tanto com medo de se machucar”, analisou.

O treinador também foi incisivo e ressaltou que o Grêmio dificilmente deve voltar a apresentar o bom futebol que apresentou há alguns meses. “Retomar aquele futebol do Grêmio que encantou o Brasil todo, eu não garanto, não. Eu acho que agora está na hora mais da gente conseguir os resultados. Devido aos vários problemas que nós tivemos de lesão e mesmo com os jogadores voltando, eles não estarão 100%. A perda de jogadores importantíssimos, que neste ano não jogam mais”, avaliou.

“Então, são fatos que realmente complicam as coisas, mas mesmo assim a gente vai procurar buscar os resultados no Campeonato Brasileiro. Mas não esperem o Grêmio jogando aquele futebol que vinha jogando. Temos que tentar jogar a Libertadores como o Grêmio sabe jogar, como deve ser jogada a Libertadores, mas não espere jogar bonito. O Grêmio vai buscar o resultado. Se conseguir as duas coisas, tudo bem”, destacou.

O time gremista vai ter mais três confrontos pelo Campeonato Brasileiro (Coritiba, Corinthians e Palmeiras) antes do duelo contra o Barcelona-EQU. A primeira partida das semifinais da Libertadores contra a equipe equatoriano está marcada para a quarta-feira, dia 25 de outubro, às 21h45, no estádio Monumental de Barcelona.

(Crédito da imagem: Lucas Uebel/GrêmioFBPA)

Deixe seu comentário