Vasco perde seis mandos de campo por confusão em clássico; São Januário continua interditado

O Gigante da Colina ainda terá que pagar uma multa de R$ 75 mil pela 'guerra' na partida contra o Flamengo

False
313804

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou, nesta segunda-feira (17 de julho), o Vasco e o Flamengo pela briga nas arquibancadas de São Januário após o clássico disputado na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado, dia 8 de julho. Ao término do julgamento, o clube cruzmaltino recebeu uma multa de R$ 75 mil e perdeu seis mandos de campo.

Além disso, o estádio São Januário continua interditado. Dos R$ 75 mil de multa, R$ 15 mil são referentes ao artigo 211 e R$ 60 mil referentes ao artigo 213. O Flamengo foi multado em apenas R$ 5 mil. A pena máxima que o time comandado por Eurico Miranda era a perda de 25 mandos de campo e a multa de R$ 350 mil.

Leia também:

Corinthians com reforços

Neymar estaria incomodado

Damião pode deixar o Fla

A principal acusação da procuradoria do STJD era que o clube não preveniu e reprimiu as desordens, tentativa de invasão e lançamento de objetos e bombas no campo de jogo. Também foi citado o fato do cruzmaltino não ter mantido a infraestrutura necessária para garantir a segurança dos torcedores, jogadores e profissionais da imprensa.

Os times ainda podem recorrer da decisão no pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Os dois lados têm três dias para entrar com o pedido formal para o caso ser revisto e não existe uma previsão de quando o pleno do STJD poderá julgar o recurso. A procuradoria já informou que irá recorrer da decisão, que foi unânime no caso do Rubro-Negro e por maioria de votos no caso do Vasco.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, já com a punição em sendo aplicada, o Gigante da Colina atuou no Estádio Nílton Santos, o Engenhão, sem torcida. A partida contra o Santos terminou em 0 a 0.

Deixe seu comentário