Além de xingar Dani Alves, Maradona detona Verón e Sampaoli; veja o que disse

Além de xingar Dani Alves, Maradona detona Verón e Sampaoli; veja o que disse

O argentino não poupou críticas em entrevista ao canal de televisão TyCom nesta segunda-feira (19 de junho)

FOX Sports

Diego Maradona atirou para todos os lados e perdoou poucos nesta segunda-feira (19 de junho), em entrevista ao canal TyCom. O ex-camisa 10 da seleção argentina, que já havia rebatido Daniel Alves, não perdoou Jorge Sampaoli, novo técnico da Albiceleste. Além do comandante, Verón, hoje presidente do Estudiantes, foi alvo de Maradona.

“Se joga uma bola a Sampaoli, ele te devolve com as mãos.  Sampaoli não sabe mais que Bauza. Olhe para o Sevilla, que ele deixou na porta do cemitério”, disse. Bauza, antigo treinador da Argentina, foi demitido pela má campanha nas Eliminatórias 2018.

O ídolo e presidente do Estudiantes também não foi poupado. “Estou muito irritado com Sampaoli. Quem fez a lista foi o Verón, e Verón só poderia convocar a Inglaterra”, provocou Maradona, relembrando a partida da Copa do Mundo de 2002, quando o argentino foi acusado de fazer ‘corpo’ mole contra a Inglaterra.

No último ano, Maradona chamou Verón de “traidor“ após Verón ajudar a Associação de Futebol Argentina (AFA) na procura por um técnico.

Saiba mais:

Jornal: Vinicius Jr. é titular por decreto

Barça de olho no brasileiro Willian José

Time italiano quer titular do Corinthians

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!