Palmeiras contará novamente com um Rey da América no elenco Flamengo lidera lista

Palmeiras contará novamente com um 'Rey da América' no elenco; Flamengo lidera lista

Eleito no último ano o melhor jogador de futebol das Américas, o colombiano Miguel Borja se junta ao ex-lateral Cafu, que após ganhar o mesmo prêmio em 1994 com o São Paulo, também foi contratado pelo Verdão

FOX Sports

O Palmeiras anunciou na última quinta-feira (11 de fevereiro) a contratação do atacante colombiano Miguel Borja, campeão da Conmebol Libertadores Bridgestone pelo Atlético Nacional (COL), e eleito o “Rey da América” pelo jornal uruguaio El País, que premia o melhor jogador do futebol sul-americano na temporada.

Essa será a segunda vez que o Verdão terá um jogador com essa 'coroa' em seu elenco. Em 1995, o Palmeiras contratou o então ainda jovem Cafu, que 2002 levantaria a taça da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Em 1994, o lateral ganhou destaque defendendo as cores do São Paulo, e também acabou premiado pelo jornal uruguaio.

O Corinthians realizou o mesmo feito em 2005, com Carlitos Tévez. O atacante havia recebido o título duas vezes seguidas pelo Boca Juniors (2003 e 2004), e foi contratado pelo Timão no ano seguinte, quando conquistou pela terceira vez consecutiva o topo do ranking.

O time alvinegro não foi o único a ter estrangeiros recebendo o prêmio em seu elenco. O Internacional teve o chileno Elias Figueroa em seu time nos três anos em que o zagueiro recebeu o título (1974, 1975 e 1976).  Em 1985, Romerito foi o vencedor jogando pelo Fluminense, e o meia argentino D’Alessandro conquistou em 2010 a coroa atuando no Internacional.

Os brasileiros marcaram presença na lista de vencedores 13 vezes contando desde seu início. O campeão do mundo em 1970 Tostão foi o primeiro rei da América, em 1971, quando o prêmio ainda era dado pelo jornal El Mundo, da Venezuela. O ex-jogador atuava pelo Cruzeiro naquele ano.

Zico conquistou o pódio três vezes jogando pelo Flamengo. O ex-meia está empatado com o chileno Elias Figueroa e o argentino Carlos Tévez como os que mais receberam o título. Neymar vem logo atrás, coroado em 2011 e 2012. Pelé, Sócrates, Bebeto, Raí, Romário e Ronaldinho Gaúcho fecham o grupo de brasileiros premiados.

Entre os times nacionais, o Flamengo é o que mais teve jogadores dessa lista em seus elencos. Zico, Sócrates, Bebeto, Romário e Ronaldinho Gaúcho já vestiram a camisa rubro-negra em algum momento de suas carreiras.

Entenda o prêmio

O prêmio Melhores do Futebol, entregue anualmente pelo jornal uruguaio El País, surgiu em 1986 como a continuação do que o veículo venezuelano El Mundo fazia desde 1971. O título de “rei da América” é concedido apenas a jogadores que estejam atuando em algum campeonato sul-americano e a escolha é feita por meio de uma votação com jornalistas esportivos do mundo todo.

El País – Uruguai

2016      Miguel Borja (COL) - Atlético Nacional(COL)      

2015      Carlos Sánchez(URU) - River Plate (ARG)          

2014      Teófilo Gutiérrez(COL) - River Plate (ARG)           

2013     Ronaldinho Gaúcho - Atlético Mineiro 

2012     Neymar Jr. - Santos 

2011     Neymar Jr. - Santos 

2010      D´Alessandro (ARG) - Internacional

2009      Verón (ARG) – Estudiantes (ARG) 

2008      Verón (ARG) – Estudiantes (ARG)        

2007      Salvador Cabañas (PAR) – América (MEX)               

2006      Matías Fernández (CHI) – Colo-Colo (CHI)

2005      Carlitos Tevez (ARG) – Corinthians        

2004      Carlitos Tevez (ARG) – Boca Juniors (ARG)         

2003      Carlitos Tevez (ARG) – Boca Juniors (ARG)         

2002      Cardozo (PAR) Toluca (MEX)

2001      Juan Román Riquelme (ARG) – Boca Juniors (ARG)

2000     Romário – Vasco  

1999      Javier Saviola (ARG) – River Plate (ARG)

1998      Martín Palermo (ARG) – Boca Juniors (ARG) 

1997      Marcelo Salas (CHI) – River Plate (ARG) 

1996      Chilavert (PAR) – Vélez Sársfield (ARG) 

1995      Enzo Francescoli (URU) – River Plate (ARG)

1994     Cafu – São Paulo

1993      Carlos Valderrama (COL) – Junior (COL)

1992     Raí – São Paulo

1991      Oscar Ruggeri (ARG) – Vélez Sársfield (ARG)

1990      Raúl Amarilla (PAR) – Olimpia (PAR)

1989     Bebeto - Vasco               

1988      Ruben Paz (URU) – Racing Club (ARG)

1987      Carlos Valderrama (COL) – Deportivo Cali (COL)

1986      Antonio Alzamendi (URU) – River Plate (ARG) 

El Mundo – Venezuela:

1985      Romerito (PAR) – Fluminense   

1984      Enzo Francescoli (URU) – River Plate (ARG) 

1983     Sócrates – Corinthians 

1982     Zico – Flamengo              

1981     Zico – Flamengo

1980      Diego Maradona (ARG) – Arg. Juniors (ARG)

1979      Diego Maradona (ARG) – Arg. Juniors (ARG)

1978      Mario Kempes (ARG) – Valencia (ESP)

1977     Zico – Flamengo             

1976      Elías Figueroa (CHI) – Internacional        

1975      Elías Figueroa (CHI) – Internacional        

1974      Elías Figueroa (CHI) – Internacional        

1973     Pelé – Santos   

1972      Teófilo Cubillas (PER) – Alianza Lima (PER)

1971     Tostão – Cruzeiro

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade