Atlético-PR anuncia oficialmente Grafite para a Copa Bridgestone Libertadores 2017

Atlético-PR anuncia oficialmente Grafite para a Copa Bridgestone Libertadores 2017

Aos 37 anos, atacante chega para ser um dos principais reforços do Furacão na disputa do torneio continental. Ex-Santa Cruz, ele foi contratado a pedido do técnico Paulo Autuori

FOX Sports

Como o FOXSports.com.br antecipou no dia 12 de dezembro, Grafite é o novo atacante do Atlético-PR. Ex- Santa Cruz, ele chega com status de principal reforço para a disputa da Copa Bridgestone Libertadores de 2017. Neste ano, o atleta de 37 anos foi o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 13 gols marcados.

Grafite chegou a Curitiba na manhã desta segunda-feira (19 de dezembro), realizou os exames médicos no CAT Alfredo Gottardi e assinou contrato até o final de 2017. O jogo foi um pedido especial do técnico Paulo Autuori.

"Estou muito feliz em defender as cores do Atlético Paranaense. Ouvi sempre coisas positivas da cidade e do Clube. Espero retribuir o carinho que venho acompanhando no dia a dia desde que começaram as negociações. Vou dar o meu melhor dentro de campo, procurar marcar gols e ajudar a equipe nessa temporada de 2017, que promete ser muito boa. Conto com o apoio de todos os torcedores", disse Grafite, em seu primeiro dia com a camisa rubro-negra.

Leia também:

Brasileiros em alta: Para substituir Witsel, Zenit quer Renato Augusto e Hernani

Para fechar o elenco: Corinthians quer Rithely, Wagner e mais dois antes de 2017

Prometeu: Mãe diz que Gabriel Jesus jogava com Manchester City no videogame e promete volta

Com mais de dez anos atuando fora do país, o atacante viveu seu melhor momento no Wolfsburg, da Alemanha. No período em que defendeu a equipe, foi eleito o futebolista do ano na Alemanha, em 2009. No ano seguinte, com a Seleção Brasileira, disputou a Copa do Mundo da África do Sul. O atacante tem ainda passagens por equipes da França, Coréia do Sul, Emirados Árabes e Catar. No Brasil, além do Santa Cruz, defendeu o São Paulo, Grêmio, Goiás, Ferroviária e Matonense.

"Quando voltei, no ano passado, achei que teria mais dificuldades para me readaptar ao futebol brasileiro. Mas neste ano comprovei que tenho condições de jogar em alto nível, terminando entre os goleadores do país", afirmou. "Espero que no ano de 2017, com as condições de trabalho que terei aqui, possa melhor ainda mais e desempenhar minha função dentro de campo, que é ajudar o Atlético e fazer gols. Espero repetir o sucesso aqui também", finalizou.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade