Andy Murray mira o topo do ranking da ATP ja em 2017

Andy Murray mira o topo do ranking da ATP já em 2017

Para atingir o objetivo, o Escocês precisa conquistar o título do Masters 1000 de Paris e torcer para Novak Djokovic não alcançar as finais do torneio

Gazeta Press

Atual número 2 do ranking da ATP, o britânico Andy Murray já traçou sua meta para o ano de 2017. Prestes a iniciar sua caminhada no Masters 1000 de Paris, o tenista garantiu que pretende terminar a temporada da melhor maneira possível para ultrapassar o líder Novak Djokovic no ranking mundial.

“Quero terminar em uma ótima posição essa temporada para ter a oportunidade de ser número um no início do próximo ano”, afirmou o tenista britânico.

Veja também:

Vasco quer Luís Fabiano para comandar o ataque do clube em 2017

G-4 'improvavel' na Bundesliga evidencia diferença financeira entre os clubes alemães

Casemiro corre contra o tempo para se apresentar à Seleção Brasileira

Para atingir o objetivo, Murray precisa conquistar o título em Paris, que dá 1000 pontos ao campeão, e torcer para Djokovic não alcançar as finais do torneio. O escocês de 29 anos nunca liderou o ranking da ATP. O tenista número 1 da Sérvia lidera o circuito mundial com 12,900 pontos, enquanto Murray aparece com 10,985. 

No último final de semana, Murray conquistou o título do ATP de Viena, ao vencer o francês Jo-Wilfred Tsonga por 2 sets a 0 na grande decisão, com parciais de 6/3 e 7/6 (8-6).

O tenista afirmou que vem vivendo uma ótima fase e que “nos últimos quatro ou cinco meses” jogou o melhor tênis de sua carreira, que teve início em 2008.

Este ano, Murray participou dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e conquistou o bicampeonato no simples, ao derrotar o argentino Juan Martín Del Potro.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!