Roma definirá nesta quinta se permanece na briga pelos Jogos de 2024

Roma definirá nesta quinta se permanece na briga pelos Jogos de 2024

Considerada como "insustentável" por prefeita da capital italiana, Virginia Raggi, candidatura da Itália terá votação em assembleia no próximo dia 29

Gazeta Press

A permanência ou exclusão de Roma como candidata à sede das Olimpíadas de 2024 será definida nesta quinta-feira (29 de setembro), através de votação em assembleia. Após a prefeita da cidade, Virginia Raggi, se opor à candidatura da capital italiana, a tendência é que sua exclusão nas disputas pelos Jogos seja sacramentada.

Eleita prefeita pelo movimento cinco estrelas, Virginia Raggi deverá ter sua posição atendida na Câmara Municipal, que conta com mais integrantes do partido de Raggi do que qualquer outro. Assim, a retirada da candidatura de Roma é praticamente dada como certa pelos veículos locais.

Saiba mais:

Derrota por 2 a 0: São Paulo cai no Barradão e fica mais perto da zona da degola

Briga acirrada: De virada, Flamengo derrota Cruzeiro e mantém caça ao Palmeiras

'O troco': Fluminense se vinga do Corinthians com gol no final e fica mais perto do G4

Na última quarta-feira Raggi afirmou que seria “insustentável” a candidatura de Roma para sediar as Olimpíadas de 2024, acreditando que os gastos que a cidade herdaria após o evento iriam prejudicar a administração pública da capital. Segundo ela, há outras prioridades no momento do que a briga pelas Olimpíadas, como a questão de limpeza urbana da cidade.

Nesta quinta-feira o Comitê Olímpico Internacional poderá sofrer mais um duro golpe. Caso seja confirmada a retirada da candidatura de Roma, será a terceira cidade a desistir do evento. Boston, por preocupações financeiras, e Hamburgo, após negação de seus contribuintes através de referendo, também mudaram de ideia.

Essa poderá ser a segunda vez que Roma tem sua candidatura para sediar as Olimpíadas naufragada. A capital italiana já havia desistido da corrida pelos Jogos de 2020 por conta de problemas na economia italiana, segundo o primeiro-ministro da época Mario Monti.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade