Com Shirlene, Petrúcio e Felipe, Brasil ganha três pratas no atletismo

Com Shirlene, Petrúcio e Felipe, Brasil ganha três pratas no atletismo

Provas do lançamento de disco feminino F37/38, 400m rasos masculino T45/46/47 e 400m rasos masculino T11 terminaram com bons resultados para o País nos Jogos do Rio

LIGA ESPANHOLA DE BASQUETE: BASKONIA X VALENCIA
LIGA ESPANHOLA DE BASQUETE: BASKONIA X VALENCIA
ao vivo
PREMIER BOXE: DEONTAY WILDER X LUIS ORTÍZ
PREMIER BOXE: DEONTAY WILDER X LUIS ORTÍZ
ao vivo
HIPISMO: 7ª ETAPA LONGINES XTC
HIPISMO: 7ª ETAPA LONGINES XTC
ao vivo
FINAL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
FINAL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: FORTUNA DÜSSELDORF X BAYERN DE MUNIQUE
CAMPEONATO ALEMÃO: FORTUNA DÜSSELDORF X BAYERN DE MUNIQUE
ao vivo
FÓRMULA E: ARÁBIA SAUDITA - CORRIDA 2
FÓRMULA E: ARÁBIA SAUDITA - CORRIDA 2
ao vivo
NBB: PINHEIROS X FLAMENGO
NBB: PINHEIROS X FLAMENGO
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
Gazeta Press

O sábado (17 de setembro) do atletismo brasileiro foi marcado pelas medalhas de prata. Os atletas da equipe do Brasil conquistaram três segundos lugares em três provas diferentes, com Shirlene Coelho no lançamento de disco feminino F37/38, com Petrúcio Ferreira nos 400m rasos masculino T45/46/47 e com Felipe Gomes nos 400m rasos masculino T11.

Porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de abertura das Paralimpíadas, Shirlene Coelho lançou o disco a 33,91m e só foi superada pela chinesa Na Mi, que alcançou a marca de 37,60m e estabeleceu o novo recorde mundial da modalidade. Esta foi a segunda medalha de Shirlene no Rio de Janeiro, já que a atleta foi ouro no lançamento de dardo.

Nos 400m rasos T45/46/47 masculino, Petrúcio Ferreira deu uma arrancada sensacional nos metros finais e cruzou a linha de chegada em segundo lugar, com o tempo de 48s87. A medalha de ouro ficou com o cubano Ernesto Blanco (28s79) e o bronze com o austríaco Gunther Matzinger (48s95).

Veja mais

Não resistiu: Cristóvão Borges é demitido do Corinthians depois de derrota para o Palmeiras

Na frente: Vice-líder, Flamengo é apontado por matemático como favorito ao título do Brasileirão

Quatro propostas: Além do PSG, Real Madrid e a dupla de Manchester tentaram tirar Neymar do Barcelona

A outra prata do atletismo brasileiro ficou o corredor Felipe Gomes nos 400m rasos masculino T11, prova para deficientes visuais. O atleta completou o percurso em 50s38, a melhor marca da carreira. O ouro ficou com o espanhol Gerard Descarrega Puigdevall (50s22) e o bronze com o namibiano Ananias Shikongo (50s63).

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade