Daniel Dias leva o ouro nos 100m livre e iguala recorde de australiano

Daniel Dias leva o ouro nos 100m livre e iguala recorde de australiano

23ª medalha do brasileiro, sendo a 14ª dourada, fez o atleta assumir a condição de um dos maiores de todos os tempos por conta do número de conquistas nos Jogos

Gazeta Press

Daniel Dias segue fazendo história nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro. Neste sábado (17 de setembro), o nadador brasileiro venceu a disputa dos 100m livre na categoria S5 e ganhou sua 23ª medalha em Jogos Paralímpicos, a 14ª de ouro. Além disso, o atleta igualou o recorde do australiano Matthew Cowdrey com mais medalhas da história da natação paralímpica.

Daniel dominou a prova desde o início e não foi ameaçado em nenhum momento pelos concorrentes. O brasileiro completou as duas voltas na piscina com o tempo 1min10s11, quatro segundos à frente do segundo colocado, o norte-americano Roy Perkins, que fez o tempo de 1min14s55. O bronze ficou com o britânico Andrew Mullen, que completou o percurso em 1min15s93.

Veja mais

Nova fase: Gabigol faz primeiro treinamento na Inter e técnico espera qualidade

Pode ficar: Longe da Europa, Lucas Lima negocia renovação com o Santos

Valeu, obrigado: Por 'sonho de criança', Bonucci recusou proposta de R$ 168 milhões do Manchester City

A medalha de ouro nos 100m livre foi a oitava de Daniel Dias nos Jogos Paralímpicos de Rio de Janeiro. O nadador acumula quatro ouros (100m livre S5, 50 livre S5, 50m costas S5 e 200m livre S5), três pratas (4x100m livre 34P, 100m peito SB4 e 4x50m livre 20p) e um bronze (50m borboleta S5).

Outro brasileiro a competir na prova dos 100m livre S5 foi Clodoaldo Silva, que não teve a mesma sorte do compatriota Daniel Dias. O nadador potiguar terminou na oitava e última colocação, com o tempo de 1min20s80.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade