Vasco perde para o Vila Nova em casa e mantém jejum na Série B

Sem Nenê e Andrezinho, cruzmaltino acabou superado pelo rival, dentro de São Januário, por 2 a 1: Maguinho e Moisés marcaram para os goianos, enquanto Douglas fez o único dos donos da casa

Gazeta Press

O Vasco foi derrotado pelo Vila Nova por 2 a 1, em partida disputada na noite desta terça-feira (30 de agosto), em São Januário. O time carioca completou quatro partidas consecutivas sem vitórias no Campeonato Brasileiro da série B. Mesmo com o resultado negativo, a equipe de São Januário segue na liderança da competição, com 41 pontos ganhos. Já o Vila Nova aparece na décima posição, agora com 29 pontos.

Desfalcado de Nenê e Andrezinho, seus principais jogadores de articulação, o Vasco teve um desempenho muito irregular e acabou permitindo que a equipe do Vila Nova abrisse vantagem no primeiro tempo. O time dirigido por Jorginho melhorou na etapa final, mas o Vila soube defender o resultado. Maguinho e Moisés anotaram para a equipe de Goiás e Douglas descontou para o Vasco.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Bahia na Fonte Nova. Enquanto o Vila Nova encara o Atlético-GO em Goiânia.

Veja também

Mais um: Timão confirma negociação de Elias com o Sporting, e volante não viaja para o RJ

Vai voltar? Chelsea oferece R$ 135 milhões ao PSG por David Luiz, diz jornal

Dia do fico! Grêmio descarta vendas de Luan e Walace nesta janela europeia

O jogo – Diante de um público muito pequeno, Vasco e Vila Nova começaram a partida em ritmo lento, mas logo aos dois minutos, Julio dos Santos fez lançamento para Evander que tentou a devolução, mas Reginaldo chegou para desviar e quase marcou contra. O Vila tentava marcar a saída de bola do Vasco e acabou marcando o primeiro gol aos cinco minutos. Jean Carlos investiu pela esquerda e cruzou para a entrada do lateral Maguinho que completou para as redes de Jordi.

A torcida do Vasco elegeu Diguinho como o culpado pela jogada que resultou no gol da equipe goiana e passou a vaiar o volante a cada toque na bola. O time carioca partiu para buscar o empate e quase alcançou o objetivo aos dez minutos. Julio Cesar tabelou com Douglas e cruzou. A defesa rebateu parcialmente e a bola sobrou para Yago Pikachu que bateu rasteiro e acertou a trave. Um minuto depois, o Vasco criou nova chance. Thalles recebeu na esquerda, lançou para Ederson que cruzou para a entrada de Evander que chegou atrasado e perdeu a chance.

Aos 19 minutos, o Vila ampliou. Victor Bolt fez grande lançamento para Moisés que encobriu o goleiro Jordi. Rodrigo ainda tentou salvar, mas fracassou. Sem outra alternativa, o Vasco partiu para o ataque desperdiçou mais uma oportunidade aos 30 minutos quando Ederson recebeu de Julio dos Santos e chutou com muito perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Um minuto depois, Jordi lançou pelo alto, Thalles ganhou dos zagueiros na corrida e tentou encobrir o goleiro Saulo, mas mandou a bola por cima do travessão.

O técnico do Vila Nova foi obrigado a queimar uma substituição ainda no primeiro tempo quando o meia Jean Carlos sentiu uma lesão e não teve mais condições de prosseguir.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Eder Luis no lugar de Evander e Madson na vaga de Diguinho, numa tentativa do técnico Jorginho de dar mais força ao ataque. O time carioca melhorou e, aos sete minutos, o goleiro Saulo apareceu bem em chute de Ederson. Dois minutos depois, Douglas marcou o primeiro gol em chute forte no ângulo esquerdo do arqueiro adversário. O gol animou a equipe carioca que quase chegou ao empate em chute de Pikachu, mas o goleiro do Vila defendeu.

A pressão carioca continuou e o goleiro Saulo voltou a aparecer bem em conclusão de Eder Luis, aos 24 minutos. Logo depois, Douglas arriscou de fora da área e levou grande perigo. O time visitante não conseguia criar jogadas de ataque e se limitava a tentar bloquear as investidas do Vasco. Só aos 35 minutos é que o time de Goiás apareceu no ataque em chute de Victor Bolt que Jordi deu rebote, mas Rodrigo afastou o perigo, mandando para escanteio. No desespero, o Vasco partiu para buscar o empate. O goleiro Saulo apareceu bem em cobrança de falta executada por Yago Pikachu no bico esquerdo da grande área e garantiu a vitória da sua equipe.

FICHA TÉCNICA - VASCO 1 x 2 VILA NOVA-GO

Local: Estádio de São Januário (RJ)
Data: Terça-feira, 30/08/2016
Horário: 20h30 (Brasília)
Público: 2052 pagantes
Árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro Filho – PE (CBF-2)
Assistentes: Gilberto Freire de Farias e Ailton José dos Santos Junior(PE)
Cartão Amarelo: Luan, Rodrigo(Vas);Saulo, Fagner, Victor Bolt(VN)
Gols:
VASCO: Douglas, aos nove minutos do segundo tempo
VILA NOVA: Maguinho, aos cinco minutos e Moisés aos 19 minutos do primeiro tempo

VASCO: Jordi, Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho(Madson), Julio dos Santos(Henrique), Douglas e Evander(Eder Luis) Thalles e Ederson
Técnico: Jorginho

VILA NOVA: Saulo; Maguinho, Guilherme Teixeira, Vinícius Simon e Roger; Reginaldo, Victor Bolt, Fagner(Reniê) e Jean Carlos(Fernando Baiano); Moisés e Patrick(Fabinho)
Técnico: Guilherme Alves

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade