Encantado com ouro olímpico, Walace se vê mais maduro em volta ao Grêmio

Encantado com ouro olímpico, Walace se vê mais maduro em volta ao Grêmio

Em entrevista, meio-campista também revelou sensação após a conquista: "Não tem explicação. A ficha ainda não caiu"

Gazeta Press

Walace voltou para o Grêmio como campeão olímpico. E diante da histórica conquista que o jogador ajudou a Seleção Brasileira a alcançar, a reação ainda é de encantamento e até de dificuldade em acreditar que fez parte de algo tão grande.

“Não tem explicação. A ficha ainda não caiu. Eu fui lá para dar o meu melhor, para ajudar”, disse o jogador ainda no aeroporto em seu desembarque em Porto Alegre, na manhã desta segunda-feira (22 de agosto).

Saiba mais:

Já deu saudade! Com muito samba, Rio dá adeus aos Jogos e boas-vindas a Tóquio 2020

Ele bate: Celso Roth defende Valdívia como batedor de pênaltis do Inter após erro contra o Tricolor

Derrota: Ricardo Oliveira se irrita e reclama de postura defensiva do Santos

O volante iniciou a campanha da medalha de ouro como reserva, mas no decorrer da competição, acabou sendo escolhido por Rogério Micale para ser titular na posição antes ocupada por Thiago Maia, e acabou dando contribuição chave na conquista do lugar mais alto do pódio.

Depois da experiência atuando ao lado de jogadores como Neymar, Marquinhos e Renato Augusto, Walace ainda avisou que está mais maduro e voltará melhor do que era antes ao Tricolor gaúcho.

“A cada jogo a gente amadurece um pouco mais. Ainda mais numa competição como essa. Tenho certeza que volto um pouco mais maduro e um pouco mais experiente”, ressaltou.

Além do volante, era esperada também a chegada do atacante Luan até Porto Alegre, que deverá acontecer mais tarde ainda nesta segunda-feira.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade