James Rodríguez tem negociações avançadas com o PSG, que deve pagar RS 233 milhões ao Real Madrid

James Rodríguez tem negociações avançadas com o PSG, que deve pagar R$ 233 milhões ao Real Madrid

Meio-campista da seleção da Colômbia está de férias nos Estados Unidos, mas deve vestir a camisa do time de Paris na próxima temporada

FOX Sports

De férias nos Estados Unidos, James Rodríguez parece cada vez mais perto de deixar a Espanha e se transferir para a França. De acordo com informações veiculadas pelo site Yahoo France, o craque colombiano tem negociações avançadas com o Paris Saint-Germain, que deve desembolsar cerca de 65 milhões de euros (R$ 233 milhões). A publicação informa que Jorge Mendes, empresário do atleta, mantém contato permanente com Nasser Al-Khelaifi, dono do clube francês.

O diário espanhol As também informa que, segundo fontes da jornal ligadas ao time de Paris, a chegada do técnico Unai Emery foi fundamental para que o interesse por James aumentasse e se tornasse real e a possibilidade de transferência. Nos últimos dias, o atual campeão francês anunciou as contratações de Hatem Ben Arfa e Grzegorz Krychowiak, e deve anunciar o colombiano em breve.

Saiba mais:

Novo destino: Arteta se aposenta para integrar comissão técnica de Guardiola

Reviravolta: Lionel Messi muda de ideia e deve voltar à seleção argentina, diz jornal

Batalha: Tottenham encobre proposta do Atlético de Madrid e oferece R$ 162 milhões por Icardi

Contratado em 2014 pelo Real Madrid, James Rodríguez não conseguiu conquistar a imprensa e a torcida espanhola. Tanto com Rafa Benítez como com Zinedine Zidane, o colombiano teve poucas oportunidades na equipe titular, e chegou a entrar em rota de colisão com o comandante francês. Os diários europeus informavam que James estaria acima do peso e por isso passava grande parte do tempo no banco de reservas.

Por outro lado, em algumas oportunidades que esteve reunido com a seleção da Colômbia, o meia ‘cutucou’ os dirigentes madrileños e o técnico Zidane dizendo que recebia poucas oportunidades entre os titulares. A gota d’água teria sido na final da Uefa Champions League, quando o meia não esteve na equipe titular e também não entrou no decorrer da finalíssima, sendo preterido por nomes com Isco e Jesé Rodríguez.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade