Fora dos planos de Pep Guardiola, Wilfried Bony receberá proposta do Besiktas para deixar o Manchester City

Fora dos planos de Guardiola, Bony receberá proposta do Besiktas para deixar o City

Informações do jornal turco "Takvim" apontam o atacante marfinense como substituto de Mario Gomez, que deve deixar a Turquia na janela de transferências de verão na Europa

NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X COLÔNIA
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X COLÔNIA
ao vivo
CONMEBOL LIBERTADORES: PROGRESO (URU) X BARCELONA (EQU)
CONMEBOL LIBERTADORES: PROGRESO (URU) X BARCELONA (EQU)
ao vivo
CONMEBOL LIBERTADORES: SAN JOSÉ (BOL) X GUARANÍ (PAR)
CONMEBOL LIBERTADORES: SAN JOSÉ (BOL) X GUARANÍ (PAR)
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
FOX Sports

O atacante Wilfried Bony pode ser o primeiro a deixar o Manchester City após a chegada de Pep Guardiola. O marfinense de 27 anos de idade, que já havia perdido espaço sob o comando de Manuel Pellegrini, não faz parte dos planos do novo treinador, fato que pode facilitar sua saída. Interessado em contratar o jogador, o Besiktas fará uma oferta para tirá-lo do Etihad Stadium já na próxima janela de transferências, segundo o jornal turco Takvim.

A publicação ainda aponta Bony como o possível substituto de Mario Gomez, que interessa a Manchester United e Wolfsburg e pode deixar a Turquia no verão europeu. Outro fator que pesa a favor do Besiktas é a possibilidade dos Citizens aceitarem emprestar o atacante antes de vendê-lo em definitivo, assim como aconteceu na última temporada com Álvaro Negredo, emprestado ao Valencia por seis meses até concretizar sua transferência à Espanha.

Leia mais

Negócio da China: Grupo chinês Suning adquire 70% da Inter de Milão

De olho no clássico: Vitória fora de casa dá força ao grupo do Palmeiras antes do Dérbi

No mercado! Bauza elogia Cueva e revela busca por mais dois reforços para Libertadores

Contratado junto ao Swansea City em janeiro de 2015, Bony custou 25 milhões de libras (cerca de R$ 100 milhões à época), mas não correspondeu dentro de campo. Em 46 partidas disputadas, foram apenas 12 gols marcados, números muito diferentes da época em que atuava no País de Gales. Na temporada 2013/14, balançou as redes 25 vezes nos 48 jogos em que participou.

Além da Turquia, Bony tem outra saída para deixar o City. O próprio Swansea estaria interessado em repatriar o atacante, visando se reforçar para a disputa da Barclays Premier League na próxima temporada.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade