Eduardo Bandeira de Mello é reeleito no Flamengo e anuncia Muricy Ramalho

Eduardo Bandeira de Mello é reeleito no Fla e anuncia Muricy Ramalho

Logo no seu primeiro discurso, presidente garantiu a contratação do novo treinador e a apresentação no máximo até quarta-feira

FOX Sports

Depois de um dia todo de eleições na sede do Flamengo, na Gávea, Eduardo Bandeira de Mello foi reeleito presidente do clube por mais três anos. Favorito, ele teve 1632 votos e derrotou Walim Vasconcellos e Cacau Cotta. A apuração terminou já no final da noite desta segunda-feira (7 de dezembro).

Concorrendo pela chapa azul, Bandeira de Mello usou a sua atual gestão como principal mote da campanha. Com o discurso de controlar o setor financeiro do Flamengo, ele foi muito criticado pela falta de títulos, mas seus elitores entenderam que daqui para a frente o time pode voltar a brigar pelas principais competições.

Veja mais

Fabuloso na China: Luis Fabiano indica acerto com clube chinês: "Nova história"

Partiu Itália?: Alisson admite propostas de Juve e Roma, mas inicia 2016 no Inter

Artilharia pesada: Santos reafirma DNA ofensivo e crava maiores artilheiros do Brasil

Logo em seu primeiro discurso, o presidente reeleito confirmou que Muricy Ramalho será o técnico rubro-negro a partir de janeiro. O ex-técnico do São Paulo, inclusive, dará palpites nas contratações para a próxima temporada.

Vamos apresentar o Muricy provavelmente nesta terça-feira (8 de dezembro). Trabalhamos para fazer um time mais forte, e Muricy é um excelente profissional. Acho que ele se encantou pelo Flamengo”, afirmou Bandeira.

Gestão Bandeira de Mello

Nos anos de seu primeiro mandato, Eduardo Bandeira de Mello se notabilizou por negociar as dívidas do clube e aderir ao Profut, uma forma de refinanciamento com a União em troca de obrigações como eleições em no máximo quatro anos, comprometimento no pagamento de salários e perda de pontos na competição em caso de não cumprimento das regras do programa.

Além disso, ele foi a favor do auxilio de grupos de investimentos para a contratação de novos jogadores, caso da Doyen Sports, parceira do clube nas transferências de dois dos jogadores mais caros do atual elenco: Marcelo Cirino e Ederson.

Por outro lado, as maiores críticas sobre o seu trabalho foram com relação a falta de títulos e demissões de treinadores. Somente neste ano, quatro técnicos passaram pelo time durante o Campeonato Brasileiro: Vanderlei Luxemburgo, Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira e Jayme de Almeida.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!