Sem punição Carlos Tevez deve desfalcar Boca Juniors para acompanhar operação

Sem punição, Tevez deve desfalcar Boca para acompanhar operação

Atacante, que não será punido pela federação argentina, disse que vai seguir recuperação 'de perto' e quer 'manter contato' com Ezequiel Ham

Gazeta Press

Após roubar a cena na rodada do fim de semana do Campeonato Argentino por algo que não lhe é característico, Carlos Tevez enfrenta as consequências de seu ato. Protagonista de uma dura entrada em Ezequiel Ham, do Argentinos Juniors, que se lesionou seriamente e só voltará aos gramados em 2016, o camisa 10 do Boca, apesar das duras críticas recebidas, foi isentado de punição.

Sem risco de sofrer sanção nos tribunais, Tevez pode desfalcar o Boca Juniors no jogo desta quarta, contra o Defensa y Justicia, pelas quartas de final da Copa Argentina, já que é possível que o técnico Rodolfo Arruabarrena o libere para acompanhar a segunda operação a que Ham será submetido para consertar a fratura na perna direita. O jogador, inclusive, mostrou-se solícito em prestar apoio.

No caminho: Love nega ter cavado pênalti e vê título “bem encaminhado”

Escolhi acreditar: Com 'risco de queda' ainda em 95%, Jorginho elogia apoio da torcida

Com moral: Para Berlusconi, Milan é melhor com Balotelli do que com Ibra: 'Está velho'

“Quando acontece algo assim só me resta pedir desculpas. Foi uma ação muito rápida, não encontro explicação, na verdade. Não tive má intenção nem nada parecido. Fiquei muito triste pelo que passou e muito mal por eu tê-lo contundido. Vou seguir sua recuperação de perto e vou estar em contato com ele. Tem meu apoio porque eu nunca queria que tivesse passado por isso”, lamentou Tevez em entrevista ao Clarín.

Apesar das duras críticas às quais foi alvo, o atacante argentino deve passar despercebido pelos juízes. Em entrevista ao Olé, o presidente do Tribunal de Disciplina, Fernando Mitjans, demonstrou compreensão com o caso. “Não atuamos por nossa própria iniciativa. É uma posição que reflete o pensamento da maioria nos últimos 20 anos. No caso de Tevez é difícil ele ter mostrado má intenção, por isso não vamos punir Tevez como não fizemos com nenhum”, comentou.

Um dia após a vitória por 3 a 1 sobre o Argentinos, que manteve o clube xeneize na liderança da competição nacional, Arruabarrena confessou que Tevez ficou realizando trabalho de recuperação e que é possível que desfalque o time na Copa Argentina, já que a nova cirurgia de Ham está marcada para acontecer esta terça-feira.

“Não vi Carlos no domingo (20 de setembro), ficou fazendo trabalho de recuperação. Tenho que falar com ele para me certificar de quando operarão o Ham, mas é claro que um treino não muda nada. Tevez está apto para jogar, está cansado, mas tem trabalhado durante a semana para se recuperar. Não coloco a mão no fogo por ninguém, mas fui jogador e sei que raramente um tem a intenção de machucar o outro”, declarou o técnico, saindo em defesa de Tevez.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade