Mano Menezes chega ao Cruzeiro para resolver situacao emergencial

Mano Menezes chega ao Cruzeiro para resolver “situação emergencial”

Novo treinador cruzeirense assinou contrato até o fim de 2017 e tem a tarefa de afastar a equipe da zona de rebaixamento do Brasileirão

Gazeta Press

Uma emergência para resolver. Foi assim que Mano Menezes, em sua apresentação no Cruzeiro, nesta sexta-feira, avaliou o desafio de livrar o clube celeste da queda para a Série B do Campeonato Brasileiro. O novo treinador cruzeirense assina contrato até o fim de 2017 e faz sua estreia pela Raposa às 11 horas (de Brasília) deste domingo, no Mineirão, contra o Figueirense.

“O Cruzeiro tem uma emergência para resolver. O Cruzeiro não pode ficar na colocação que está, e acreditamos que a equipe tem capacidade para estar melhor. Sei que o Cruzeiro atravessa um momento de dificuldade na tabela. Emergencialmente, é o que temos que resolver para depois pensarmos a médio, longo prazo. O futebol é dinâmico e precisa de respostas rápidas. Esperamos darmos respostas ao torcedor contra o Figueirense”, afirmou treinador.

Segundo o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, Mano Menezes foi o único nome procurado pela diretoria cruzeirense e confirmou que o acerto foi rápido, tendo acontecido no dia seguinte após a demissão de Luxemburgo, na última segunda-feira.

“Junto do Bruno Vicintin (vice-presidente de futebol), analisamos o nome do novo treinador e tivemos em comum a opinião de que o melhor treinador era o Mano. No dia seguinte, fizemos o acerto. Acredito que, dessa vez, a diretoria acertou no nome. É vida nova que começa, com um treinador de ponta do futebol brasileiro”, declarou o mandatário celeste.

Saiba mais: Exigências de última hora melam acerto do Vasco com meia holandês

Barcelona é clube europeu com mais torcida no Brasil

R. Oliveira admite novo pênalti mal batido, e posto fica sob análise

Como terceiro técnico da Raposa na temporada, Mano Menezes mostra confiança que ele permanecerá no comando até o final de seu contrato, garantindo que a troca de treinadores na Toca da Raposa acabou.

“Vou dizer que vou ser o último (técnico) do Cruzeiro nessa temporada. Já acertei isso com o presidente. No futebol, não existe receita única, você aprende muito durante o trabalho, mas se tem experiência suficiente para esse tipo de situação. Temos que assumir a responsabilidade para dar aquilo que o torcedor quer ver”, colocou o treinador.

Passado na Raposa – Com o Cruzeiro apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento, o técnico Mano Menezes revelou uma motivação especial para assumir o time cruzeirense, mesmo o clube estando em situação delicada. Ele revela que seu primeiro estágio para se tornar treinador aconteceu exatamente na Toca da Raposa, em 1997, quando Paulo Autuori era o técnico da equipe

“É um prazer assumir o comando técnico do Cruzeiro. É um clube que me proporcionou o primeiro estágio como técnico profissional de futebol, em 1997, quando estava aqui o Paulo Autuori. Naquele ano, o Cruzeiro conquistou a Libertadores. Isso remonta para uma relação de respeito e gratidão, sendo um dos motivos pelos quais assumi essa responsabilidade”, destaca.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!