Osorio explica incerteza sobre a sua permanencia Tenho sentimentos

Osorio explica incerteza sobre a sua permanência: “Tenho sentimentos”

Treinador colombiano cogitou deixar o São Paulo antes da vitória por 3 a 0 sobre o Ceará nesta quarta-feira, mas optou por sequência no clube

Gazeta Press

Juan Carlos Osorio ficou bastante decepcionado com as cobranças que recebeu – até mesmo internas – após o São Paulo perder três jogos consecutivos. Especulado para assumir o comando da seleção mexicana, o técnico colombiano chegou a cogitar a sua saída do Morumbi, porém foi demovido da ideia pelo vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro.

“Sou um ser humano. Tenho sentimentos – alegrias, saudades… Isso é normal”, explicou Osorio, que ganhou sobrevida com a vitória por 3 a 0 sobre os reservas do Ceará, nesta quarta-feira, e a consequente classificação às quartas de final da Copa do Brasil. “Vim com o propósito de vencer no futebol brasileiro, mas é muito difícil quando você perde três jogos consecutivos.”

1 gol em 6 jogos: má sintonia e incômodo com Benítez explicam "seca" de CR7

Pintou no Vascão? Alex Ferguson procura emprego e cria perfil no LinkedIn

Vai chegar? Luxa é o segundo pior técnico do Cruzeiro na última década

De fato, o São Paulo foi abalado pela crise ao cair diante de Goiás, Ceará e Flamengo. Torcedores protestaram bastante contra jogadores (especialmente o meia Paulo Henrique Ganso) e até contra Osorio. O técnico passou a ser contestado em função do seu inovador rodízio de titulares e esquemas táticos e chiou do processo de desmanche do elenco.

“É melhor evitar muita especulação agora”, desconversou Osorio, satisfeito por abafar as polêmicas com a continuidade do São Paulo na Copa do Brasil. “Era importante para o elenco passar uma mensagem clara e contundente nessa partida. Foi um jogo para mostrar que somos um time com vigor e comprometimento”, bradou.

Seja como for, o treinador não deixou de mostrar gratidão a quem torcia por sua permanência no Morumbi. “Muito obrigado a esses torcedores. Aprecio genuinamente o apoio da maioria deles. Mas sei que o futebol profissional no Brasil é como na Argentina e na Colômbia, feito de resultados. Em algum momento, tanto a diretoria quanto o técnico podem pensar em tomar uma decisão quando os resultados não vêm”, avisou.

Neste meio de semana, o resultado veio. “Estou tranquilo agora, assim como antes de perdermos três partidas em série. O mais importante é que o São Paulo continue se portando como um grande clube”, priorizou Juan Carlos Osorio.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade