Desentendimento entre CR7 e Benítez é a causa da seca de gols do Real Madrid

Desentendimento entre CR7 e Benítez é a causa da "seca" de gols do Real

Novo posicionamento de Bale, ausência de Benzema e má forma física também explicam o começo ruim de temporada do português

FOX Sports

O primeiro jogo oficial do Real Madrid na temporada 2015-16 foi um empate em 0 a 0 contra o recém-promovido Sporting Gijón. A dificuldade em balançar a rede adversária não foi ocasional – ela vem sendo demonstrada desde a pré-temporada, quando os Blancos marcaram apenas 9 gols em 7 jogos, tendo passado em branco em 4 desses 7 jogos.

A falta de gols do time coincide também com a falta de gols do principal jogador. Cristiano Ronaldo atuou em 6 partidas, incluindo o jogo inaugural do Espanhol, em Gijón, e fez apenas um gol. O começo ruim do atacante em mais uma época com o Real Madrid é explicado pela falta de sintonia entre ele e o novo treinador da equipe, o espanhol Rafa Benítez.

Segundo o jornal espanhol Marca, a mudança no posicionamento do galês Gareth Bale foi a primeira decisão a afetar Ronaldo. A diretoria merengue teria cobrado ao treinador que tirasse Bale da ponta-direita. Como o português não abre mão de atuar pela ponta-esquerda, posição de origem do galês e para a qual demonstra ter vocação natural, restou a Benítez escalá-lo como centroavante.

Consequentemente, ele tem participado mais das jogadas ofensivas da equipe, mas, aparentemente, às custas de uma diminuição no poder de influência do português sobre o ataque, que passou a jogar mais longe do gol – a falta de entendimento entre os dois, que agora atuam mais próximos, também não ajuda.

A situação é agravada pela condição física de Ronaldo – o português já admitiu que ainda não alcançou sua forma ideal – e pela ausência de Benzema. O francês, lesionado, é o companheiro de ataque com quem o português tinha mais entrosamento.

Veja também

Sabe do que fala: Guerrero crê em queda do líder: 'Não dá para confiar no Corinthians'

Novo cão-de-guarda? Palmeiras confirma acerto com Thiago Santos, do América-MG

Vai sair ninguém! Cruzeiro blinda jogadores, e diretor de futebol descarta saída de Luxa

Esta mesma aparente incompatibilidade de ideias entre Ronaldo e Benítez é observada diariamente durante os treinamentos da equipe. Conforme teria dito um jogador do elenco do Real ao jornal espanhol, o camisa 7 é um dos alvos mais frequentes das observações e chamadas de atenção do técnico. O nível de aplicação tática exigida e os métodos de treinamento implementados pelo espanhol, notoriamente mais rígidos que os de seu antecessor Carlo Ancelotti, estariam sendo constante fonte de incômodo para a maior estrela do Real Madrid.

O próximo duelo do Real é neste sábado (29), no Santiago Bernabeu, contra o Betis.

O Real Madrid na temporada 2015-2016

Roma – 0 a 0
Man City – vitória por 4 a 1 – gols de Benzema, Ronaldo, Pepe, Cheryshev
Inter Milão – vitória por 3 a 0 – gols de Jesé, Varane, James
Milan – 0 a 0
Tottenham – vitória por 2 a 0 – gols James, Bale (Ronaldo não jogou)
Bayern – derrota por 1 a 0 (Ronaldo não jogou)
Valerenga – 0 a 0 (Ronaldo não jogou)
Galatasaray – vitória por 2 a 1 – gols de Nacho, Marcelo

8 jogos; 4 vitórias, 3 empates, 1 derrota
11 gols marcados, 3 gols sofridos
4 jogos sem marcar gols

Artilheiros:
James (2 gols); Ronaldo, Benzema, Bale, Jesé, Varane, Pepe, Cheryshev, Marcelo, Nacho (1 gol)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade