Abalado por críticas, Felipe tenta não se perder com elogios no Corinthians

Abalado por críticas, Felipe tenta não se perder com elogios no Timão

Contratado pelo Corinthians em 2012, zagueiro conquistou confiança dos torcedores apenas nesta temporada e se firmou como titular do time

Gazeta Press

Felipe trocou o Bragantino pelo Corinthians no começo de 2012, mas só foi ter reais chances em 2014, com Mano Menezes, e não foi bem. As críticas pelo mau desempenho no Campeonato Paulista e em parte do Campeonato Brasileiro abalaram o jogador, que agora tenta lidar melhor com os elogios.

“No começo, quando cheguei ao Corinthians, foi tudo a mais. Eu me preocupava um pouco, ficava um pouco abalado. Falei com meu pai, com meu empresário... Não procurei psicólogo, mas a família me ajudou a não absorver muito isso e fazer minha parte dentro de campo”, afirmou.

O zagueiro demonstrou algum crescimento na reta final da temporada passada e, já sob comando de Tite, começou 2015 com a vaga de titular caindo em seu colo pela saída repentina de Anderson Martins. A diretoria correu atrás do experiente Edu Dracena, mas ele não foi bem até agora e só tomou a posição brevemente.

Desde que Felipe reassumiu a vaga, a defesa do Corinthians passou a exibir uma consistência bem maior. A caminho de igualar a pontuação do líder Atlético-MG, a formação do Parque São Jorge não tomou nenhum gol nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro.

Três pontos: Milton Mendes destaca resultado: "Importante não era jogar bem"

Demais: Idolatria imediata a 'salvador' Guerrero gera desconforto no Fla

Dose dupla: Sporting anuncia contratações de Teo Gutiérrez e Ciani

A sequência rendeu uma boa avaliação ao sistema defensivo preto e branco, especialmente à dupla formada por Felipe e Gil. Antes abatido com críticas, o camisa 28 procura evitar se apegar aos comentários positivos. “Os elogios, às vezes, acabam subindo para a cabeça”, resumiu, em um alerta para si mesmo.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!