De contrato renovado Brock Lesnar defende cinturão no WrestleMania

De contrato renovado, Brock Lesnar defende cinturão no WrestleMania

Maior ídolo do universo WWE em ação terá pela frente a estrela em ascensão Roman Reigns no maior evento de entretenimento esportivo do mundo

FOX Sports

Maior evento de entretenimento esportivo do mundo, o WrestleMania, carro-chefe da WWE, organização norte-americana referência na modalidade, tem a 31ª edição marcada para as 20h deste domingo (24), com transmissão ao vivo e exclusiva para todo o Brasil pelo FOXPlay.com. Para a noite de combates, que acontecerá na Califórnia (EUA), no Levis’s Stadium, arena para quase 75 mil pessoas do San Francisco 49ers, nove duelos estão agendados – o de maior destaque será entre o campeão Brock Lesnar e o astro em projeção Roman Reigns, válido pelo cinturão mundial dos pesos-pesados, título máximo da franquia.

FOXSports.com.br relembra como as principais superestrelas se credenciaram a protagonizar o WrestleMania 31. Confira:

Brock Lesnar x Roman Reigns

Campeão desde 2014, Brock Lesnar, que está em seu quarto reinado na organização, colocou o posto em jogo pela última vez no Royal Rumble, em 25 de janeiro. Na oportunidade, bateu John Cena, justamente de quem tomou o título, e Seth Rollins em luta de três competidores para manter o cinturão. Ele é o maior ídolo da WWE atualmente, e recentemente renovou contrato com a franquia, afastando qualquer possibilidade de voltar ao MMA. É o favorito.

Azarão no main-event, Reigns conquistou a vaga de desafiante número um no mesmo Royal Rumble, quando foi o único entre 31 adversários a restar no ringue depois de mais de duas horas de combate. O público, no entanto, vaiou o vitorioso: àquela altura, a estrela em ascensão só havia feito um duelo mano a mano em “eventos especiais” da WWE e, também segundo a crítica norte-americana, não era merecedor de disputar o cinturão dos pesos-pesados.

Para resolver o problema, Reigns aceitou enfrentar quem triunfasse entre Daniel Bryan e Seth Rollins no Fastlane do último 22 de fevereiro. Queridinho da torcida, Bryan teve a chance, mas foi derrotado por Reigns, que confirmou sua posição e afastou qualquer dúvida.

Quase adulto: Revista aponta Neymar como melhor jogador com até 23 anos

Muralha amarela: Mosaicos sensacionais da torcida do Borussia Dortmund

Ídolo eterno: Lewis Hamilton presta homenagem a Ayrton Senna

Sting x Triple H

“Chefão” da WWE, Triple H literalmente dará a cara a tapa no WrestleMania, o que já não é mais tão comum. A motivação para tal é Sting, rosto que se destacou no pro-wrestling por outra organização, a WCW, e agora trabalha para a WWE.

Sting estreou na WWE no Survivor Series de novembro de 2014, quando interferiu a favor de Dolph Ziggler, que derrotou os representantes do grupo de vilões “Autoridade”, do qual Triple H é um dos líderes. O “Autoridade” foi tirado do poder da franquia após o revés, como estava determinado – mais tarde, contudo, recuperou o posto.

Em 19 de janeiro de 2015, Sting reapareceu, novamente para prejudicar os aliados de Triple H. Irritado, o carequinha, na semana seguinte, o convocou para um cara a cara no Fastlane, desafio aceito apenas em 9 de fevereiro. No Fastlane, o ex-WCW propôs a luta no WrestleMania, que foi imediatamente confirmada.

 “Bad News” Barrett (c) x R-Truth x Dean Ambrose x Luke Harper x Dolph Ziggler x Stardust x Daniel Bryan

“Bad News” garantiu o título intercontinental em janeiro de 2015 ao vencer Dolph Ziggler e o defendeu no Fastlane, no mês seguinte, quando venceu Dean Ambrose por desqualificação. Ambrose, contudo, roubou o cinturão na mesma noite: desde então, ele passou pelas mãos de R-Truth, Luke Harper, Ziggler, Stardust e Bryan – nenhum deles o conquistou por méritos, sempre afanaram.

Barrett recuperou o cinturão em 16 de março, mas já era tarde: a WWE aproveitou a rivalidade criada e decidiu, em 26 de fevereiro, colocá-lo em duelo múltiplo, cada um por si, para definir o novo campeão no WrestleMania. E mais: os participantes poderão usar escadas no ringue.

Rusev x John Cena

No mesmo Fastlane, o russo Rusev bateu Cena pelo título intercontinental. Não foi honesto, contudo: a bela acompanhante do grandalhão, Lana, destraiu o árbitro enquanto Rusev aplicava golpe baixo. Na sequência, foi fácil para ele vencer com um Accolade, seu movimento de finalização.

Cena não se conformou e insistiu por revanche, sempre recusada pelo rival. Em 2 de março, a WWE decidiu que, caso Rusev não aceitasse a luta, o norte-americano não estaria no WrestleMania. Cena teve de agir: pegou o russo em um STF e não largou até Lana confirmar que o desafio aconteceria.

Outros combates

AJ Lee e Paige enfrentam as irmãs Bella

The Undertaker enfrenta Bray Waytt

Randy Orton enfrenta Seth Rollins (com Jamie Noble e Joey Mercury)

battle royal em homenagem a André The Giant

Pelo cinturão das duplas: Tyson Kidd e Cesaro (c) (com Natalya) x Los Matadores (com El Torito) x The New Day (com Xavier Woods) x The Usos (com Naomi). 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!