Nos pênaltis Costa Rica impede vingança uruguaia e conquista título

Nos pênaltis, Costa Rica impede vingança uruguaia e conquista título

Após empate por 3 a 3, costarriquenhos conquistaram o título da Copa Antel ao vencerem, no Centenário, por 7 a 6 nas penalidades

Gazeta Press

Na última edição da Copa do Mundo, a seleção do Uruguai teve uma estreia amarga, perdendo para a surpreendente Costa Rica, em Fortaleza-CE, pelo placar de 3 a 1. Porém, na noite desta quinta-feira, a Celeste Olímpica desperdiçou a chance de se vingar do revés histórico. Após o marcador de 3 a 3 no tempo normal, os visitantes triunfaram nas penalidades máximas, por 7 a 6, conquistando o título da Copa Antel.

Pensando em manter o tabu, a seleção da América Central terminou o primeiro tempo vencendo em Montevidéu, com gol do experiente atacante Saborío, que não esteve presente no Mundial, aos 42 minutos. Todavia, com cinco jogados da etapa complementar, o atacante Luís Suárez anotou um belo gol para empatar.

Veja também: Após vitória em clássico, argentino do Grêmio provoca rivais

Fã do City, ex-Oasis faz fila de "vítimas" no United

Pato vai ao GP do Brasil na companhia de nova namorada

Sem se abalar, o esquadrão comandado pelo ex-centroavante Paulo Wanchope, no minuto seguinte, voltou a impor vantagem no placar, com o habilidoso meia Bryan Ruiz. Entretanto, Giménez e Cavani foram às redes e viraram o marcador, que acabou alterado nos acréscimos: Venegas saiu do banco, substituindo Ramírez, e anotou o tento que levou a partida para as penalidades máximas.

Nos pênaltis, as equipes empataram em 4 a 4, na primeira série de cobranças. Apenas Arévalo Rios e Celso Borges desperdiçaram suas cobranças. Durante as finalizações alternadas, Guzmán Pereira encobriu o travessão de Keylor Navas e viu Gamboa balançar a rede de Muslera, garantindo o troféu costarriquenho.

O Uruguai foi a campo com Muslera; Maxi Pereira, Godín, Giménez e Álvaro Pereira; Arévalo Rios, Sánchez (Corujo), Lodeiro (Guzmán Pereira) e Crístian Rodríguez (Ramírez); Luis Suárez e Cavani (Jonathan Rodríguez). Por sua vez, a Costa Rica foi representada por Keylor Navas; Gamboa, González, Duarte e Díaz; Celso Borges, Tejeda (Bustos) e Ramírez (Venegas); Bryan Ruiz; Campbell (George) e Saborío.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!