Brasil vence 3 em penaltis e mantem tabu de anfitrioes em Copas

Brasil vence 3ª em pênaltis e mantém tabu de anfitriões em Copas

País-sede não perde disputa de penalidades desde 1990. De lá para cá, quatro seleções que jogaram em casa levaram a melhor

FOX Sports

As duas defesas de Júlio César na disputa de penalidades contra o Chile, e a bola na trave de Gonzalo Jara não só colocaram a Seleção Brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo, como também ajudaram a aumentar um retrospecto favorável aos comandados de Luiz Felipe Scolari. Isso porque – somada a vitória deste sábado (28 de junho) – o Brasil não perde uma disputa de pênaltis em Copas há 28 anos.

Neste período, foram três decisões nos penais. Além de vencer o Chile neste Mundial, a Seleção havia superado a Holanda (em 1998), por 4 a 2, e a Itália (em 1994), por 3 a 2 – esta última, inclusive, rendeu o tetracampeonato ao time então comandado por Parreira. A última derrota aconteceu na Copa do Mundo de 1986, no México, quando o Brasil foi superado por 3 a 2 pela França.

Além disso, esta foi a quarta vez consecutiva que a seleção do país-sede da Copa levou a melhor em disputa de pênaltis. Antes do Brasil, Alemanha, em 2006, contra a Argentina; Coreia do Sul, em 2002, contra a Espanha; e França, em 1998, contra a Itália, também se classificaram nas penalidades. A Itália, 1990, foi a última seleção da casa que perdeu uma disputa nos penais - na ocasião, os italianos foram superados pela Argentina.

Veja também: Com marido fora da Copa, mulher de KP Boateng se despede do Brasil

Pronto para entrar em campo, Neymar publica mensagem religiosa

Medel fica fora de treino e posta foto de recuperação na internet

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!