Fernandinho torce por vaga na Seleção: “Meu nome estará na lista”

Mesmo com proximidade para Copa do Mundo, meio-campista do Manchester City acredita que ainda pode ser lembrado por Felipão

False
135874

Fernandinho chegou ao Manchester City no início da temporada e logo ganhou espaço na equipe do técnico Manuel Pellegrini. Em entrevista ao FOX Sports Rádio desta sexta-feira (3), o jogador falou sobre a expectativa de ser convocado pela Seleção Brasileira com o bom futebol apresentado nos últimos meses.

“Confio e espero que seja convocado. Em fevereiro, tenho esperança que meu nome estará na lista. Vou continuar trabalhando para que isso possa acontecer”, disse. Perguntado se Parreira ou Luiz Felipe Scolari conversaram com ele em algum momento do ano passado, Fernandinho negou. “Ninguém entrou em contato. Estou trabalhando para ver se entram em contato em fevereiro”, frisou.

No Campeonato Inglês, os Citizens estão na cola do líder Arsenal com apenas um ponto de diferença, na 2ª posição. Mesmo sabendo das dificuldades, o jogador confia que sua equipe chegará à liderança em breve. “É difícil dizer. Acredito que no futuro eles possam perder algum ponto e a gente ultrapassa-los. Nosso objetivo é ficar em primeiro no final do campeonato”.

Fernandinho tem ao seu lado o marfinense Yaya Touré, um dos principais atletas da Premier League, e fez questão de elogiar o companheiro. “É um jogador que organiza bem o time, tem o porte físico bom e chega forte no ataque também. Quando defendemos encaixamos certinho para não deixar a defesa aberta. Acho que nos entrosamos bem. Talvez seja por isso que o time vem fazendo bons jogos”, contou.

Veja também: Sentado no asfalto, Neymar reflete sobre a vida

Fernandinho e Rivaldo duelam no tênis

Sandro toma as dores de Paulinho e brinca com Charlie Adam

Contratado junto ao Shakhtar Donetsk, Fernandinho falou sobre a diferença de atuar na Ucrânia e no futebol inglês. “Os adversários são mais tranquilos (na Ucrânia). Era mais fácil ganhar campeonatos. Aqui é mais equilibrado. Isso fez bem para mim. Estou gostando desse tipo de coisa”, afirmou.

Na Champions League, o adversário do Manchester City nas oitavas de final é o Barcelona. Um dos principais clubes do mundo na atualidade, no entanto, não assusta o ex-jogador do Atlético-PR. “Nosso time é muito ofensivo, com jogadores de qualidade na frente. Procuramos jogar da mesma forma com todos adversários em qualquer lugar. Será um jogo para frente que todos irão gostar”, ressaltou.

Deixe seu comentário